Brasil enfatiza preservação ambiental na apresentação na Fifa

Cerimônia tem como destaque a intenção de fazer um evento ecologicamente correto em 2014

30 de outubro de 2007 | 10h45

A apresentação brasileira da candidatura do Brasil a sede da Copa do Mundo de 2014 na Fifa, nesta terça-feira em Zurique, na Suíça, teve como ênfase a alegria do torcedor, o fato do País ser o maior vencedor do torneio e o projeto para utilizá-lo como ponto de desenvolvimento nacional. Veja também: Brasil é confirmado como sede da Copa do Mundo de 2014 Imagens da cerimônia na sede da Fifa Paulo Coelho brinca: futebol é mais importante que sexoAs cidades candidatas a sede da Copa do Mundo de 2014 Opine: o que você acha do Mundial no Brasil?Discursaram o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, o escritor Paulo Coelho, como embaixador da candidatura brasileira - que brincou dizendo que futebol é melhor que sexo -, e Eduardo Braga, governador do Amazonas, representando os políticos brasileiros. Além de Joseph Blatter, presidente da entidade mundial, rapidamente.Utilizando um vídeo com imagens de torcedores mescladas a torcedores e conquistas do País no esporte, foi falado na cerimônia de segurança, transporte e dos projetos, em linhas gerais, que as cidades candidatas a sede tem em comum, com ênfase na consciência e preservação ambiental. Cidadãos de diversas profissões falaram dos benefícios que o evento trará."As vantagens são concretas: a Copa irá promover impacto econômico e social. A Alemanha deixou como legado 40 mil empregos, no Brasil será semelhante. A prioridade dos investimentos privados será para os estádios; do investimento público, será para modernização infra-estrutura. A herança será permanente, sob forma de melhor transporte, hospitais, saneamento básico e segurança pública, entre outros", discursou Teixeira. Eduardo Braga, governador de Amazonas, falou da presença ambiental. "Temos a floresta amazônica e 20% da água doce em todo o mundo. A Copa será o primeiro evento megaglobal que unirá o planeta em torno da conservação ambiental", reforça. Com o fim da apresentação brasileira, todos passaram a aguardar apenas a oficialização da nomeação do País como sede do evento.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014seleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.