Brasil está presente na final do futsal

A Itália decide neste domingo, às 6 horas de Brasília, contra a Espanha, o título do Mundial de Futsal de Taiwan. Mas os principais protagonistas da partida nasceram no Brasil. Desde o goleiro, passando pelos fixos e alas até o pivô, a seleção italiana conta com a habilidade e a garra de 12 brasileiros naturalizados para conquistar um título inédito para o país.Os espanhóis também tem à sua disposição dois brasileiros: Marcelo dos Reis, autor do gol de empate na semifinal contra o Brasil, e o goleiro Rafael Perez, ambos descendentes.O maior destaque da Itália neste campeonato tem sido o ?oriundi? Vinícius Bacaro, que em 2003 marcou o gol do título na Eurocopa. Além dele, os irmãos Edgar e Rodrigo Bertoni, o pivô Adriano Foglia e o goleiro Alexandre Feller, que teve atuação marcante contra a Argentina na semifinal, vencida pela Itália por 7 a 4, formam o pelotão de frente do forte time italiano. Eles obtiveram cidadania italiana ao lado de outros como Anderson Pellegrini, Carlos Montovanelli, André Vicentini e Fabiano Assad, todos contratados pelo rico futsal do país.Terceiro lugar - Ao Brasil, restou se contentar em disputar, pela primeira vez na história, a medalha de bronze, também neste domingo, com a rival Argentina, às 4 horas de Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.