Eduardo Nicolau/Estadão
Eduardo Nicolau/Estadão

Brasil fará treino aberto para público formado na maioria por crianças

Primeira movimentação da seleção brasileira em solo russo será no estádio Slava Metreveli, em Sochi

Ciro Campos, enviado especial / Sochi, O Estado de S.Paulo

11 Junho 2018 | 14h46

Um público formado na maioria por crianças vai poder acompanhar nesta terça-feira o primeiro treino da seleção brasileira na Rússia na preparação para a Copa do Mundo. A CBF confirmou que o estádio Slava Metreveli, em Sochi, escolhido local das atividades pela comissão técnica de Tite, receberá até no máximo 4 mil pessoas para a atividade.

+ Primeiro dia da seleção brasileira em Sochi é de praia e descanso

+ 'Todas as seleções querem ganhar de nós', diz técnico da Alemanha

+ Fan Fest da Copa do Mundo em Moscou recebe 25 mil pessoas em sua abertura

Os treinos abertos ao público são uma obrigação da Fifa para que as seleções possam interagir com a comunidade local. O comitê organizador, junto com a prefeitura de Sochi, decidiu que para o primeiro trabalho do elenco no país os presentes seriam majoritariamente alunos da rede pública de ensino. Também devem acompanhar o treino autoridades municipais e convidados.

O estádio onde a seleção vai treinar tem capacidade para 10 mil pessoas e fica ao lado do resort onde a equipe está hospedada desde a madrugada de segunda-feira, quando desembarcou na Rússia. O primeiro dia no país da Copa foi de folga para o elenco. A maioria dos jogadores, assim com o técnico Tite, preferiu ficar no próprio local e desfrutar de comodidades como a piscina e a praia privativa.

No domingo a seleção bateu a Áustria por 3 a 0 em Viena no último amistoso antes da estreia no Mundial. Uma semana antes, em outro amistoso, o Brasil venceu a Croácia por 2 a 0 em Liverpool.

 

O primeiro treino do Brasil em solo russo está marcado para as 10h da manhã (4h de Brasília). As atividades nos dias seguintes, no entanto, não terão a presença sequer de jornalistas. O técnico Tite quer privacidade para trabalhar e cada um dos treinos poderá ser visto pelos jornalistas por no máximo 20 minutos. Nessas ocasiões, a equipe vai treinar, inclusive, em um campo anexo ao estádio, para dificultar olhares de curiosos.

A estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo está marcada para domingo, em Rostov, contra a Suíça. Na sequência, a equipe encara a Costa Rica, em São Petersburgo, e encerra a primeira fase em Moscou, contra a Sérvia, no estádio do Spartak.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.