Gonzalo Alfaro/Efe
Gonzalo Alfaro/Efe

Brasil fecha 1.ª fase do Sul-Americano com vitória sobre o Equador

Henrique, do São Paulo, marca o gol do triunfo por 1 a 0 no sub-20

Efe,

26 de janeiro de 2011 | 02h46

LIMA - Com os reservas em campo, o Brasil derrotou na noite desta terça-feira (pelo horário local) o Equador por 1 a 0 e garantiu a primeira colocação do Grupo B do Sul-Americano sub-20, que está sendo disputado no Peru. O gol da vitória brasileira foi marcado por Henrique, do São Paulo.

O Equador usou o jogo coletivo e a velocidade de seus atacantes para tentar frear o Brasil, que sentiu a falta de ritmo de jogo e de entrosamento e não chegou a ser um time insinuante em nenhum momento da partida.

Ainda com a classificação pendente, o Equador começou melhor e teve uma boa chance para marcar aos 12 minutos, quando Ibarra chutou no ângulo para defesa espetacular de Aleksander.

A partir daí, o jogou ficou amarrado no meio-campo, sem grandes chances de gol.

A aparente inoperância brasileira acabou aos 23. Henrique recebeu a bola após linda triangulação com Alan Patrick e Oscar - que deu excelente passe de calcanhar -, invadiu a área e tocou na saída de Jaramillo para fazer 1 a 0.

Cinco minutos depois, a tarefa brasileira ficou mais fácil. Após entrada por trás em Alan Patrick, Cazares foi expulso, em lance em que merecia apenas o cartão amarelo.

Com o meia do Santos controlando o meio-campo, o Brasil passou a criar chances de gol, que não foram convertidas.

Precisando do resultado, o Equador cresceu no jogo no segundo tempo e se aproveitou da falta de interesse do Brasil para criar duas boas chances em sequência. Aos 30 minutos, Montaño arriscou de fora da área e acertou uma bomba no travessão. Dois minutos depois, o mesmo Montaño recebeu ótimo lançamento, driblou o goleiro Aleksander e, já sem ângulo, chutou por cima. A partir daí, o Brasil só tocou a bola para administrar o resultado.

Com a vitória, o time comandado por Ney Franco chegou a dez pontos, garantindo a classificação para a próxima fase na primeira colocação. O Equador, por sua vez, tem quatro pontos e definirá o seu futuro contra a Bolívia na última rodada, na sexta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.