Brasil joga para evitar vexame maior

Brasil e Austrália podem fazer neste sábado uma prévia da repescagem que classificará uma equipe ao Mundial de 2002: disputam o terceiro lugar da Copa das Confederações no estádio de Ulsan, na Coréia do Sul, às 7 horas (horário de Brasília). O time de Emerson Leão não vence há três jogos e tem a obrigação da vitória para não voltar para o País de forma melancólica. O jogo deverá bater o recorde de falta de público na competição.Nas Eliminatórias do Mundial de 2002, a Austrália conquistou o primeiro lugar do Grupo 1, da Oceania. No outro grupo, Nova Zelândia e Ilhas Salomão vão decidir o título. Os dois vencedores jogam entre si para obter uma vaga à repescagem, que será disputada com o quinto colocado das Eliminatórias sul-americanas. Neste torneio, o Brasil ocupa o quarto lugar e, se perder o próximo jogo, com o Uruguai, deve cair para a quinta posição.O técnico Emerson Leão não considera o jogo com os australianos uma espécie de laboratório mútuo para um eventual confronto na repescagem. "Não acredito nisso", foi o que se limitou a dizer. Ele tem três dúvidas para escalar a equipe, que só será definida momentos antes da entrada em campo: o zagueiro Lúcio, o meia Fábio Rochemback e o atacante Washington estão contundidos. O caso de Lúcio é mais complicado - sentia fortes dores lombares nesta sexta-feira, após uma queda de mau jeito na partida contra a França.Leão foi bastante objetivo em sua análise da produção do time na Copa das Confederações. Lembrou que não pôde trazer jogadores mais experientes e de melhor nível técnico para o Japão e Coréia do Sul e fez uma autocrítica do futebol brasileiro. "Temos de parar de pensar e falar que somos os melhores e maiores do mundo." Para ele, os jogadores não podem ser culpados pela perda do título da competição. Leão frisou que o grupo vai completar neste sábado cinco partidas em dez dias, o que, em sua opinião, não serve como justificativa pela eliminação, mas dá a dimensão das dificuldades de organizar e treinar um time. "Vai ser importante vencer para honrar a camisa do Brasil", frisou.A Austrália não está dando a menor importância para o confronto. Prova disso é que três jogadores foram dispensados para participar da festa de casamento da irmã de um deles, o meia Emerton. Após a partida, haverá uma cerimônia no centro do gramado, para a entrega das medalhas referentes à conquista do terceiro lugar. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, é aguardado neste sábado em Ulsan.

Agencia Estado,

08 de junho de 2001 | 20h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.