Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Brasil não terá Alex e Marcos contra França

Cruzeiro e Palmeiras já solicitaram à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a dispensa de Alex e Marcos para o amistoso da seleção com a França, dia 20, em Paris. O clube paulista voltou atrás na decisão de manter o goleiro no time durante a excursão do Brasil à Europa. O pedido foi feito por seu presidente, Mustafá Contursi, num contato com o da CBF, Ricardo Teixeira. Marcos, portanto, terá de ser substituído na seleção. E o mais cotado para ocupar sua vaga é o jovem Fábio, do Vasco. A comissão técnica vai atender os clubes brasileiros e, por isso, convocou 24 atletas para os amistosos com França e Catalunha, dia 25, em Barcelona, e para os jogos oficiais contra Argentina e Chile, no início de junho. Os que atuam no País serão liberados das partidas na Europa, desde que haja uma solicitação dos clubes. O Flamengo já enviou um representante à CBF para negociar a exclusão de Felipe dos dois primeiros jogos. Mas a entidade espera um documento oficial do clube, que deverá ser enviado ainda esta semana, para anunciar a dispensa do meia rubro-negro. Até esta quarta-feira à noite, o São Paulo era o único dos clubes brasileiros com jogadores convocados que não havia mantido nenhum contato com a CBF para solicitar o mesmo com relação ao atacante Luís Fabiano. A ausência desses atletas nos amistosos se deve à participação de seus clubes em fases finais da Copa do Brasil e da Taça Libertadores da América. Quando relacionou 24 atletas, o técnico Carlos Alberto Parreira explicou que chamara um número maior de atletas, em relação às convocações anteriores, para se precaver de eventuais pedidos de clubes. Ele vem reiterando que não prejudicará as equipes brasileiras em fases decisivas de torneios importantes, desfalcando-as para amistosos da seleção. Mas tem deixado claro que isso não se aplicará para as partidas oficiais - como as das Eliminatórias do Mundial de 2006, contra Argentina e Chile. A comissão técnica, provavelmente sem Marcos, Alex, Luís Fabiano e Felipe, viaja para a França no dia 17. O amistoso do dia 20 vai marcar os festejos pelo centenário da Fifa. Após o confronto com a Catalunha, dia 25, toda a delegação segue para o Rio, onde o grupo completo treinará para o jogo com a Argentina, dia 2 de junho, no Mineirão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.