Brasil-RS derruba sequência positiva do Figueirense e ganha em Pelotas por 1 a 0

Time gaúcho chega a cinco pontos na tabela, em décimo; equipe catarinense é a terceira, com nove

Estadão Conteúdo

01 Maio 2018 | 19h06

O Brasil, de Pelotas (RS), apoiado por sua torcida no estádio Bento Freitas, conquistou a sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B, nesta terça-feira, ao bater o Figueirense por 1 a 0, pela quarta rodada. Agora soma cinco pontos, em 10.º lugar, deixando o visitante com nove, em terceiro, sem os 100% de aproveitamento. O gol da vitória foi marcado por Wellinton Júnior, cobrando pênalti, aos 36 minutos da etapa inicial.

O primeiro tempo foi todo do Brasil-RS, que aproveitou o posicionamento muito defensivo do Figueirense. Mas a primeira chance real aconteceu somente aos 34 minutos, quando Wellinton Júnior foi empurrado por Guilherme Lazaroni dentro da área: pênalti. Na cobrança, o próprio Wellinton Júnior deslocou o goleiro Denis, aos 36.

Confira a tabela da Série B do Brasileiro

A partir daí, o time gaúcho teve chances para ampliar. Duas vezes em chutes de Itaqui, defendidos por Denis. Somente aos 44 minutos é que o visitante ameaçou, quando o lateral-direito Diego Renan ameaçou cruzar, mas chutou e quase surpreendeu o goleiro Marcelo Pitol, que mandou a bola a escanteio. Na descida seguinte, o Brasil-RS perdeu boa chance com Calyson, que sozinho na grande área finalizou por cima do travessão.

No segundo tempo, o técnico Milton Cruz tentou dar mais força ao seu time. E fez logo as suas três trocas, inclusive com a entrada do veterano Jorge Henrique, poupado por causa de desgaste físico. Embora tivesse mais posse de bola, o time catarinense não chegava com perigo no ataque, muito menos nas finalizações.

O Brasil-RS ainda teve chance de matar o jogo nos contra-ataques. Aos 27 minutos, em um chute forte de Michel e espalmado por Denis. Depois em finalizações seguidas de Lourency e Kaio, ambas defendidas pelo goleiro, aos 30.

Um minuto depois, o lateral-esquerdo Bruno Collaço cometeu falta e acabou expulso, deixando o Brasil-RS com um jogador a menos. O técnico Clemer sacrificou o atacante Michel para se recompor com Willian Machado. Deu certo, afinal garantiu a vitória.

Ao final do jogo houve uma confusão generalizada porque o banco de reservas do Figueirense estava na bronca com Wellinton Júnior. Após a ação da turma do deixa disso, não houve ninguém penalizado.

Pela quinta rodada, o Brasil-RS vai enfrentar o Coritiba, na próxima terça-feira, às 21h30, no estádio Couto Pereira, na capital paranaense. O Figueirense vai tentar a reabilitação contra Avaí, no próximo dia 12, um sábado, no clássico catarinense no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA

BRASIL-RS 1 x 0 FIGUEIRENSE

BRASIL-RS - Marcelo Pitol; Éder Sciola, Rafael Vitor (Leandro Camilo), Heverton e Bruno Colaço; Leandro Leite, Itaqui, Lourency e Calyson (Kaio); Wellinton Júnior e Michel (Willian Machado). Técnico: Clemer.

FIGUEIRENSE - Denis; Diego Renan, Eduardo Bauermann, Nogueira e Guilherme Lazaroni; Zé Antônio, Abuda (João Paulo), Daniel Costa (Jorge Henrique) e Gustavo Ferrareis; Felipe Amorim (Maikon Leite) e Henan. Técnico: Milton Cruz.

GOL - Wellinton Júnior (pênalti), aos 36 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Clayson, Éder Sciola, Leandro Leite e Marcelo Pitol (Brasil-RS); Zé Antônio e Guilherme Lazaroni (Figueirense).

CARTÃO VERMELHO - Bruno Collaço (Brasil-RS).

ÁRBITRO - André Luiz de Freitas Castro (GO).

RENDA - R$ 44.290,00.

PÚBLICO - 2.636 pagantes (3.838 no total).

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.