Jonathan Silva/Brasil de Pelotas
Jonathan Silva/Brasil de Pelotas

Brasil-RS e Juventude empatam e seguem ameaçados pelo rebaixamento

Sem ganhar há três jogos, equipe de Pelotas chegou aos 14 pontos e continua entre as quatro piores da Série B

Estadão Conteúdo

13 Julho 2018 | 21h00

Um resultado que não foi bom para ninguém. Nesta sexta-feira, Brasil, de Pelotas (RS), e Juventude ficaram no empate por 1 a 1, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, e seguem ameaçados pelo rebaixamento. Os poucos mais de 3 mil rubro-negros presentes no estádio Bento Freitas, no interior gaúcho, não pouparam vaias ao time comandado pelo técnico Gilmar Dal Pozzo.

+ Veja a classificação da Série B

+ Empurrada pela torcida, Ponte Preta bate o líder Fortaleza pela Série B

+ Em Florianópolis, Oeste surpreende o Figueirense e já sonha com o G-4 da Série B

Sem ganhar há três jogos, o Brasil-RS chegou aos 14 pontos e continua na zona de rebaixamento. O time rubro-negro pode receber a companhia do Juventude até o encerramento desta rodada. Com 17 pontos e amargando um jejum de quatro partidas, o clube alviverde gaúcho conheceu o seu oitavo empate no campeonato.

O início da partida foi típico de dois times gaúchos: muita marcação. Eles foram se soltando aos poucos e o Brasil-RS abriu o placar aos 28 minutos. Éder Sciola fez boa jogada individual e rolou para Valdemir bater de primeira. No meio do caminho, Luiz Eduardo, em posição de impedimento, deu um leve desvio e tirou do goleiro Matheus Cavichioli. O árbitro, porém, não viu o toque do atacante e validou o lance.

Na sequência, mais polêmica. Vidal chutou forte, e a bola explodiu no braço de Éder Sciola dentro da área. Os jogadores do Juventude reclamaram do pênalti, que não foi marcado. Aos 37 minutos, Rafael Dumas evitou gol olímpico em cima da linha e o empate veio no rebote, quando Leandro Lima cruzou e Felipe Mattioni cabeceou no cantinho.

A etapa final começou bastante movimentada, com os dois times criando boas chances. Pereira fez Matheus Cavichioli trabalhar em cobrança de falta, e a resposta do Juventude veio em chute rasteiro de Jair. O goleiro Marcelo Pitol espalmou para escanteio. A emoção, porém, parou por aí. O jogo caiu de produção e ficou concentrado no meio de campo, sem lances de perigo.

O Brasil-RS volta a campo nesta terça-feira contra o Vila Nova, às 20h30, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, enquanto que o Juventude enfrenta o CRB no próximo dia 21, sábado, às 16h30, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). Os jogos serão válidos pela 16.ª rodada.

FICHA TÉCNICA

BRASIL-RS 1 x 1 JUVENTUDE

BRASIL-RS - Marcelo Pitol; Eder Sciola, Leandro Camilo, Rafael Dumas e Bruno Collaço; Leandro Leite, Sousa (Kaio), Valdemir e Pereira (Itaqui); Luiz Eduardo e Michel (Lourency). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

JUVENTUDE - Matheus Cavichioli; Felipe Mattioni, Bonfim, Micael e Neuton (Pará); Diones, Vidal (Denner), Jair, Leandro Lima e Tony; Elias (Ricardo Jesus). Técnico: Julinho Camargo.

GOLS - Valdemir, aos 27, e Felipe Mattioni, aos 37 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Leandro Camilo, Pereira e Leandro Leite (Brasil-RS); Micael e Diones (Juventude).

ÁRBITRO - Heber Roberto Lopes (SC).

RENDA - R$ 36.935,00.

PÚBLICO - 2.241 pagantes (3.091 no total).

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

 

 

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.