Brasil sofre no fim, mas estreia na Olimpíada com vitória

Seleção de Mano Menezes bateu o Egito por 3 a 2, após abrir 3 a 0 no placar no primeiro tempo

Bruno Chazan, estadao.com.br

26 Julho 2012 | 14h22

SÃO PAULO - A seleção brasileira tomou um susto, mas escapou de uma surpresa em sua estreia na Olimpíada de Londres. O time de Mano Menezes abriu uma vantagem de três gols em apenas meia hora de jogo, permitiu uma reação do Egito na etapa final, mas segurou a vitória por 3 a 2, nesta quinta-feira, no estádio Millennium, em Cardiff, capital do País de Gales.

Depois de um primeiro tempo fulminante, com gols de Rafael, Leandro Damião e Neymar ditados pelo ritmo incessante de Oscar, a equipe brasileira teve 45 minutos finais de pura apatia e quase repetiu o vexame da badalada Espanha, que estreou com surpreendente derrota por 1 a 0 para o Japão, também nesta quinta.

O resultado levou o Brasil à liderança do Grupo C pelo critério de gols marcados, já que na outra partida a Bielo-Rússia venceu a Nova Zelândia por 1 a 0, em Coventry. A seleção volta a campo no domingo, às 11h (de Brasília), no mítico estádio Old Trafford, casa do Manchester United.

O time de Mano estreou nos Jogos dando sinais de nervosismo. Neymar e companhia não conseguiam trocar passes e o Egito resolveu assustar. El Neny se aproveitou da lentidão de Juan, limpou o zagueiro com um toque para a direita e bateu sem ângulo, para defesa de Neto.

Refeito do susto, o Brasil precisou apenas de meia hora para abrir uma vantagem que parecia confortável. Aos 9 minutos, Oscar achou Rafael na área e o lateral-direito trocou de pé para bater cruzado, de canhota: 1 a 0. O segundo gol veio aos 15, com nova participação de Oscar, que ganhou do zagueiro na corrida, driblou o goleiro e rolou para Leandro Damião encher o pé e quebrar o jejum de gols pela seleção em 2012. Quatro minutos depois, Neymar tocou para Hulk na esquerda e correu para completar a jogada com uma testada firme na área. Três gols marcados de forma natural, graças à boa movimentação do quarteto ofensivo brasileiro.

Como no primeiro tempo, o Egito veio para a etapa final disposto a arriscar no início. Após cruzamento na área, Meteab dominou a bola e acertou a trave. O rebote parou no pé do veterano Aboutrika, 33 anos, que bateu firme para diminuir. Em seguida, Salah só não marcou o segundo gol africano porque Marcelo se atirou para interceptar um tiro à queima-roupa.

O Brasil não conseguia mais segurar a bola no campo de ataque e o Egito se impôs de vez. Mano, então, trocou Hulk por Paulo Henrique Ganso, mas a alteração não surtiu nenhum efeito prático. O prêmio pela ousadia africana veio com mais um vacilo de Juan. O zagueiro demorou para afastar a bola da área e deixou Salah dominar, balançar o corpo e bater no canto direito de Neto.

Alexandre Pato e Danilo entraram nos lugares de Leandro Damião e Sandro, respectivamente, e o Brasil esboçou uma melhora do toque de bola. Ganso quase conseguiu diminuir a má impressão numa cobrança de falta rente à trave esquerda. Neymar também teve um lampejo e parou nas mãos do goleiro El Shenawy. Mas a vitória brasileira terminou mesmo cercada de desconfiança.

GRUPO B. Em Newcastle, Gabão e Suíça estrearam com empate por 1 a 1. Os europeus saíram na frente com Mehmedi logo aos 5 minutos de jogo, mas Aubameyang igualou aos 45 da primeira etapa. Mais cedo, pela mesma chave, México e Coreia do Sul ficaram no 0 a 0.

FICHA TÉCNICA

GOLS: Rafael aos 16, Leandro Damião aos 25 e Neymar aos 29 minutos do primeiro tempo; Aboutrika aos 6 e Salah aos 30 minutos do segundo tempo.

BRASIL: Neto, Rafael, Thiago Silva, Juan e Marcelo; Sandro (Danilo), Rômulo e Oscar; Neymar, Hulk (Ganso) e Leandro Damião (Alexandre Pato). Técnico: Mano Menezes.

EGITO: Elshenawy; Eldin, Aboutrika, Hegazi e Fathi; Mohsen (Salah), Meteab, Ramadan e Gomaa (Ahmed Shehab); Hossam e El Neny (Magdy).Técnico: Hani Ram.

CARTÕES AMARELOS: Hulk (BRA); Gomaa, Eldin, Ramadan (EGI).

ÁRBITRO: Gianluca Rocchi (Itália).

LOCAL: Estádio Millennium, em Cardiff.

SEGUNDO TEMPO

48min - Fim do jogo. Egito foi melhor no segundo tempo, anotou dois gols, mas não conseguiu o empate. Brasil se segurou, mas poderia ter saído com um placar melhor.

45min - Neymar parte pela esquerda e chuta cruzado. Elshenawi defende.

42min - Ganso cobra falta colocado e a bola sai por pouco.

41min - Falta perigosa para o Brasil. Pato ia aparecer livre na área, mas foi derrubado. Amarelo para Ramadan.

40min - Pato e Ganso entraram mal no segundo tempo e até agora não produziram nada. 

36min - O Brasil já não consegue partir para cima e toma sufoco do Egito.

34min - Belo passe de Neymar para Marcelo, que erra o cruzamento e não encontra ninguém na área.

33min - Outra substituição brasileira. Entra Danilo e sai Sandro.

31min - Alexandre Pato entra no lugar de Leandro Damião.

30min - GOL DO EGITO. Salah recebe na área e tem tempo para escolher o canto antes de sair comemorando.

26min - Substituição no Brasil. Sai Hulk e entra Paulo Henrique Ganso.

26min - Na cobrança de falta, Hulk acerta as redes, mas pelo lado de fora.

25min - Eldin leva amarelo por falta em Rômulo.

24min - Falta precisão aos jogadores brasileiros. Tocam a bola de lado, mas não conseguem chegar bem na frente.

20min - Contra-ataque egipcio e o gol só não saiu por um erro no passe final. Seleção brasileira não se acerta. 

17min - Egito chega mais uma vez, num cruzamento. Brasileiros não estão bem em campo, perdidos na marcação e errando muitos passes.

15min - Defesa brasileira apenas vê o Egito tocar a bola e Fathi chuta para fora.

14min - Hulk leva cartão amarelo. Primeiro ele pediu uma falta que o árbitro não deu e depois cometeu falta. Reclamou muito e foi punido. 

12min - Brasil toca bem a bola, da direita para esquerda, mas Hulk erra o drible. E o atacante ainda se estranha com um zagueiro do Egito.

11min - Marcelo erra feio e o Egito quase aproveita a chance.

10min - Leandro Damião recebe na área, mas não consegue o domínio de bola. 

8min - Neymar tenta mais um gol de cabeça, mas para na defesa de Elshenawi.

6min - GOL DO EGITO. Aboutrika pega o rebote e marca o primeiro gol do Egito, após bola na trave.

4min - Neymar escorrega na hora de dominar a bola na área e perde grande chance.

2min - Egito começa o segundo tempo tocando a bola. E tenta o gol em um cruzamento sem perigo.

Times já estão em campo para a etapa final. Egito tem uma modificação. Brasil é o mesmo. A bola rola!

PRIMEIRO TEMPO

46min - Fim do primeiro tempo. Brasil jogou bem melhor e mereceu a parcial vitória por 3 a 0. Egito tentou jogar de igual para igual, mas lhe faltou qualidade no passe final e nos arremates. E também falhou na marcação.

44min - Aboutrika cobra falta e chuta para fora.

42min - Neymar procura Hulk na área, mas a bola chega muito alta e o atacante não a alcança.

40min - Hulk levanta a bola na área e Elshenawi defende arremate de Lenadro Damião.

39min - A seleção do Egito domina os últimos minutos do jogo, enquanto o Brasil apenas se defende.

36min - Cruzamento na área e Meteab só acerta a bola de raspão, sem perigo para Neto. 

33min - Gomaa faz falta feia em Rômulo e leva cartão amarelo.

32min - Apesar do placar adverso, o Egito não joga apenas atrás e tenta o seu gol. O Brasil, no entanto, está tranquilo e bem postado em campo, jogando fácil.

29min - GOL DO BRASIL. Neymar começou e terminou a jogada. Achou Hulk na esquerda e recebeu o cruzamento, para cabecear certeiro.

25min - GOL DO BRASIL. A jogada foi novamente de Oscar pela direita, que tirou do goleiro e cruzou para o meio. Leandro Damião apareceu sozinho para marcar. 

24min - Neymar dispara do meio de campo, passa pelos adversários, mas erra o último toque e a bola sai pela linha de funda. 

19min - O Egito tenta chegar no toque de bola, mas sem perigo. Neto defende fácil.

16min - GOL DO BRASIL. Boa jogada da equipe brasileira, Rafael recebe na área de Oscar, tira um adversário e chuta certeiro.

13min - Bem marcado, Leandro Damião tenta de cabeça, mas erra o alvo.

12min - O goleiro Neto quase entrega o jogo. Ao tentar chutar, a bola bate no adversário e vai pra fora.

9min - Hulk faz uma boa jogada pela direita e deixa a bola para Neymar fazer o primeiro. O craque do Santos chuta para fora. Quase o primeiro gol do Brasil.

6min - O Egito tenta chegar mais uma vez. Zaga brasileira ainda não se encontrou.

4min- Juan tenta lançamento longo e Hulk, em sua primeira participação, comete falta.

2min -El Neny tem boa chance pela direita, mas para no goleiro Neto.

1min - Marcelo tabela com Neymar e chuta para fora.

Times já estão em campo para o primeiro jogo deles na Olimpíada de Londres. Brasil sem novidades em relação à equipe que vinha treinando. E começa o jogo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.