Ricardo Alfieri/Divulgação
Ricardo Alfieri/Divulgação

Brasil tira nota 7 na preparação para a Copa, abaixo da África do Sul

Brasil teria muito trabalho a ser feito ainda para estar pronto para a Copa do Mundo

JAMIL CHADE - ENVIADO ESPECIAL, O Estado de S. Paulo

28 de junho de 2013 | 14h20

RIO - Em uma reunião na manhã desta sexta-feira do Comitê Organizador da Copa do Mundo, os cartolas da Fifa estimam que se o Brasil tivesse que realizar a Copa hoje estaria 70% preparado. A informação é do presidente da Conmebol, Eugênio Figueiredo, que atua como um dos chefes da entidade no mundo do futebol para preparação da Copa.

"Avaliamos que o Brasil receberia nota 7 de 10 se a Copa fosse hoje. Não podemos abaixar os braços. Estamos no caminho certo e a Copa das Confederações foi muito boa. Mas temos um ano de trabalho pela frente e um ano passa muito rápido", disse o cartola sul-americano. Um ano antes da Copa de 2010, o presidente Joseph Blatter anunciou que a África do Sul tinha recebido nota 7,5 em relação a sua preparação para o mundial no país africano. A nota brasileira é levemente inferior. Na tarde desta sexta-feira, Blatter dará uma coletiva para explicar a avaliação da Fifa sobre o Brasil.

Outro anúncio que será feito é de que Neymar está na lista dos cinco melhores jogadores do torneio. Para Gerard Houllier, membro do cômite técnico da Fifa e ex-treinador do Lyon, o jogador brasileiro deve ser o nome do torneio. Mas a votação final será feita por jornalistas e divulgada no domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa das confederações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.