Brasil vai inaugurar escola para técnicos da África e Portugal

O Brasil vai inaugurar na terça-feiraa Escola Internacional de Futebol, instituição na qualinicialmente serão treinados técnicos vindos de países delíngua portuguesa, informou na segunda-feira o governobrasileiro. A escola terá na abertura o curso de Aperfeiçoamento deTécnicos de Futebol da Comunidade dos Países de LínguaPortuguesa (CPLP), do qual farão parte 40 treinadores deAngola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé ePríncipe, Timor Leste e Portugal. "Além de promover conhecimentos científicos, teóricos epráticos sobre futebol, o curso servirá também para fortalecera cooperação e o intercâmbio entre países em desenvolvimento,na perspectiva de uma cooperação solidária Sul-Sul" assinalouem uma nota o Ministério de Relações Exteriores do Brasil. O ministério informou que os treinadores conhecidos, como oex-jogador da seleção brasileira Carlos Alberto Torres, foramconvidados a colaborar com a escola, que funcionará naUniversidade de Brasília (UnB). No futuro as aulas serãoabertas a treinadores de outros países. (Texto de Guido Nejamkis)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.