Brasil vai reforçar treinos com bola parada na Alemanha

Após o último treino da seleção brasileira na cidade suíça de Weggis, o treinador Carlos Alberto Parreira revelou neste sábado que pretende reforçar os trabalhos com bola parada em Königstein, Alemanha, onde a equipe ficará concentrada durante a primeira fase do Mundial."Agora chegou a vez de nos concentrarmos nas bolas paradas, pois fizemos isso apenas uma vez. Iremos trabalhar pelo lado ofensivo e defensivo", disse o comandante brasileiro, que comentou sobre as duas primeiras semanas na Suíça."Essa parte inicial era fundamental. A prioridade aqui era o treino físico, o que melhorou bastante o rendimento dos atletas. Eles estão mais velozes, resistentes e fortes. Dá para ver isso na cara deles. A coisa está caminhando bem. Se não tiver saúde, não adianta muita coisa", analisou.Pelo lado defensivo, os coletivos serão utilizados para tentar barrar a principal jogada da seleção australiana: as bolas alçadas na área. No ataque, a preocupação é furar a forte retranca que a Croácia provavelmente irá impor no jogo no dia 13 de junho, em Berlim.AdeusEm clima de despedida em Weggis, o treino deste sábado foi marcado pela descontração. Depois de um breve trabalho de movimentação com bola, os jogadores fizeram um "rachão".Em algumas vezes Ronaldinho Gaúcho se dirigiu à torcida e chutando bolas de presente para as arquibancadas. Com o restante do elenco, o meia-atacante do Barcelona saudou o público que estava presente no Estádio Themoplan Arena.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.