Mike Nelson/EFE
Mike Nelson/EFE

Brasil vence e vai à semifinal da Copa do Mundo sub-20

Com dois gols de Maicon, seleção brasileira supera a Alemanha por 2 a 1 na prorrogação e pega a Costa Rica

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2009 | 14h12

O Brasil sofreu, mas se classificou neste sábado para as semifinais da Copa do Mundo sub-20, que está sendo realizada no Egito, com uma vitória, de virada, sobre a Alemanha. Depois de arrancar um empate por 1 a 1 nos minutos finais do tempo regulamentar, a seleção triunfou por 2 a 1 com um gol na prorrogação.

Veja também:

linkCosta Rica vence e encara Brasil na semifinal

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O herói da classificação foi o atacante Maicon, do Fluminense, que substituiu o meia Boquita, do Corinthians, durante o segundo tempo e marcou os dois gols brasileiros. O adversário do Brasil na disputa por uma vaga na final é a Costa Rica, que passou pelos Emirados Árabes Unidos.

O Brasil teve mais posse de bola no primeiro tempo, mas as principais chances de gol foram da Alemanha. Em duas delas, o goleiro Rafael fez boas defesas, evitando que Aydilek e Sukuta-Pasu abrissem o placar. Na melhor chance brasileira, Alan Kardec recebeu de Giuliano, driblou um zagueiro e chutou forte, rente à trave direita.

O segundo tempo foi equilibrado e mais emocionante. Logo no início, o goleiro Rafael fez excelente intervenção em cabeceio de Sukuta-Pasu. O Brasil respondeu com Giuliano, que acertou uma bicicleta, defendida por Zieler.

A Alemanha abriu o placar aos 27 minutos. Aydilek cruzou para Holtby, de cabeça, colocar a seleção europeia em vantagem. Melhor em campo, os alemães quase ampliaram com Vrancic, em chute de fora da área.

Mas o Brasil conseguiu reagir no final e chegou ao empate com Maicon, que finalizou dentro da área, e marcou aos 43 minutos. O gol animou a seleção, que quase conseguiu a virada nos descontos. Douglas Costa finalizou de fora da área e acertou o travessão da Alemanha.

O gol da classificação brasileira saiu no primeiro minuto da prorrogação. Maicon, na grande área, encobriu o goleiro Zieler, que estava adiantado. A Alemanha tentou pressionar o Brasil e teve algumas chances em jogadas aéreas, mas não conseguiu levar o jogo para a disputa de pênaltis.

Atualizado às 18h15 para acréscimo e atualização de informação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.