Arquivo/AE
Arquivo/AE

Brasil x Alemanha: veja por onde andam os jogadores da final de 2002

A maioria dos atletas que estavam em campo na conquista do pentacampeonato mundial continuam ligados ao futebol

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

08 de abril de 2020 | 04h29

Há 18 anos, Brasil e Alemanha fizeram a final da Copa do Mundo de 2002, que foi disputada no Japão e Coreia do Sul. Os comandados de Luiz Felipe Scolari venceram a partida por 2 a 0 e conquistaram o pentacampeonato mundial. Quase 20 anos depois, muita coisa mudou nas duas seleções e também para os jogadores que fizeram parte daquele histórico jogo. Todos os atletas da decisão que ocorreu em Yokohama se aposentaram. O Estado destaca o que cada um tem feito no momento. A maioria segue no futebol. 

SELEÇÃO BRASILEIRA

  • Marcos – aposentado – 46 anos - presidente da marca de cervejas artesanais: “Cerveja 12”.
  • Lúcio – aposentado - 41 anos - anunciou aposentadoria em janeiro de 2020, após defender a camisa do Brasiliense. 
  • Edmílson – aposentado - 43 anos - Atualmente é "Embaixador Mundial das escolas do FC Barcelona", embaixador da Fundação Barcelona e atleta do FCB Legends; Atua como palestrante motivacional; Intermediário e Gestor de Carreira de jogadores no Brasil e no exterior. Presidente do FC SKY Brasil.
  • Roque Júnior – aposentado – 43 anos - diretor de futebol da Ferroviária
  • Cafu – aposentado – 49 anos - embaixador da FIFA e da UEFA, recentemente teve que encerrar as ações de ONG Fundação Cafu.
  • Gilberto Silva – aposentado – 43 anos - consultor de futebol, Uefa MIP, diretor de futebol do Painathinaikos.
  • Kléberson – aposentado - 40 anos - Faz o curso FIFA USSF Licença A Sênior para treinador de futebol nos Estados Unidos.
  • Roberto Carlos – aposentado – 46 anos - gestor de marketing Real Madrid
  • Ronaldinho Gaúcho – aposentado – 40 anos - Embaixador do turismo no Brasil, preso no Paraguai por portar e utilizar passaporte e documento de identidade falsos.
  • Rivaldo – aposentado – 47 anos - integrante da equipe de lendas do Barcelona e treinador do Chabab Mohammedia, do Marrocos.
  • Ronaldo Fenômeno – aposentado – 43 anos - empresário e presidente do Real Valladolid, da Espanha.
  • Juninho Paulista – aposentado – 47 anos - Coordenador da seleção brasileira.
  • Denílson – aposentado - 42 anos -  comentarista e apresentador do Jogo Aberto, da Bandeirantes.

SELEÇÃO ALEMÃ

  • Oliver Kahn – aposentado – 50 anos – Membro do Conselho Administrativo do Bayern de Munique
  • Thomas Linke – aposentado – 50 anos – Diretor de Futebol – Último clube: FC Ingolstadt 04
  • Carsten Ramelow – aposentado – 46 anos – Vice-presidente do Vdv (Vereinigung der Vertragsfußballspieler) 
  • Christoph Metzelder – aposentado – 39 anos – Treinador do TuS Haltern
  • Torsten Frings – aposentado – 43 anos – Treinador – Último clube: Werder Bremen
  • Dietmar Hamann – aposentado – 46 anos – Treinador – Último clube: Stockport
  • Jens Jeremies – aposentado – 46 anos – Agente de jogadores na empresa T21plus
  • Marco Bode – aposentado – 50 anos – Presidente do Conselho Fiscal do Werder Bremen
  • Bernd Schneider – aposentado – 46 anos – Agente de futebol na empresa SMG GmbH
  • Oliver Neuville – aposentado – 46 anos – Treinador Adjunto do M'gladbach sub-19
  • Miroslav Klose – aposentado – 41 anos – Treinador da categoria de base sub-17 do Bayern de Munique
  • Oliver Bierhoff – aposentado – 51 anos – Diretor-esportivo da seleção alemã
  • Gerald Asamoah - 41 anos - Treinador da equipe número 2 do Schalke 04
  • Christian Ziege - 48 anos - Treinador do Saalfelden, da Terceira Liga da Áustria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.