Brasileirão tem jogos decisivos na luta pelo título

O Brasileirão tem apenas dois jogos nesta quarta-feira, mas envolvem quatro times que vivem um momento crucial no campeonato, precisando da vitória para se posicionar no pelotão de frente. A partir das 21 horas, o Internacional visita o Santos na Vila Belmiro. Enquanto isso, o Barueri recebe o Corinthians, às 21h50, na Arena Barueri.

AE, Agencia Estado

26 de agosto de 2009 | 08h03

Na Vila Belmiro, o jogo desta quarta-feira foi adiado da 16ª rodada do campeonato, quando o Internacional estava no Japão para a disputa da Copa Suruga. E na Arena Barueri, o duelo aconteceria somente no próximo domingo, já pela 22ª rodada do Brasileirão, mas foi antecipado a pedido das emissoras de TV.

Para o Internacional, fazer o primeiro dos dois jogos atrasados que tem na tabela lhe dará a chance de voltar ao G-4, o grupo dos quatro melhores do campeonato. Atualmente, o time gaúcho está em quinto lugar, com 33 pontos, apenas um a menos do que o Avaí, que aparece na quarta colocação.

No Santos, o próprio técnico Vanderlei Luxemburgo admitiu que o jogo desta quarta-feira na Vila Belmiro é fundamental para as pretensões de buscar vaga na Libertadores de 2010. Afinal, o time santista tem 28 pontos, na 11ª colocação, e precisa dar um salto agora, antes que fique muito tarde.

No outro jogo do dia, Corinthians e Barueri estão empatados com os mesmos 32 pontos na classificação do campeonato. Por isso mesmo, uma vitória nesta quarta-feira é considerada decisiva para quem quiser se manter no pelotão de frente, já que o líder Palmeiras soma 40 pontos.

Como já tem vaga na Libertadores de 2010, por ter sido campeão da Copa do Brasil, a única aspiração do Corinthians no Brasileirão é o título. Para o Barueri, porém, conseguir a classificação para a competição continental já seria um sonho. Para tudo isso, porém, o jogo desta quarta-feira é fundamental.

Confira os jogos desta quarta-feira:

21 horas

Santos x Internacional - Vila Belmiro

21h50

Barueri x Corinthians - Arena Barueri

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.