Brasileirão vai parar nos próximos jogos das Eliminatórias

Nacional ficará 13 dias parado entre os dias 12 e 23 de novembro, quando o Brasil pega Peru e Uruguai

Fábio Hecico e Sílvio Barsetti, Estadão

17 de outubro de 2007 | 19h01

O futebol brasileiro vai parar para ver a seleção nas duas próximas rodadas das Eliminatórias da Copa. Durante o período dos dois próximos jogos, contra o Peru (dia 18 de novembro, em Lima) e contra o Uruguai (dia 21, no Morumbi), o Campeonato Brasileiro ficará 13 dias sem jogos. Entre 12 e 23 de novembro, os amantes da bola estarão com todas as atenções destinadas para a terceira e quarta rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa da África do Sul, em 2010. Uma pausa que será muito útil para equipes com metas a serem alcançadas nas duas últimas rodadas do Nacional, marcadas para depois dos confrontos da seleção. Quem mais lamentou as partidas diante de Colômbia (domingo) e Equador (nesta quarta-feira) não terem parado o Nacional foram Santos - ficou sem o lateral Kléber diante do Palmeiras, no empate por 1 a 1 - e São Paulo - não contou com o zagueiro Alex Silva no 1 a 1 contra o Fluminense. Os dois ficaram como opções de Dunga. Até dia 12, quando, aí sim, a competição respeitará o calendário da seleção, é bem provável que o São Paulo já tenha erguido a taça. Mas Santos, Palmeiras, Cruzeiro e Grêmio ainda estarão lutando por vaga na Copa Libertadores de 2008. Diversas equipes seguirão sonhando com o prêmio de consolo, a vaga na Copa Sul-Americana, e outras tantas ainda buscarão fugir do rebaixamento para a Série B, como o Corinthians. A seleção, assim, dará uma força para sonhadores e desesperados. No fim do ano, é capaz que alguns apelem para um pequena intertemporada. Será céu ou inferno. A apresentação da seleção para iniciar a preparação para os confrontos com Peru e Uruguai está prevista para 13 de novembro, pouco antes do feriado de Proclamação da República, no Rio. Serão três dias de treinos na Granja Comary, em Teresópolis, até a viagem para Lima. O retorno, direto para São Paulo, será após o duelo com os peruanos. A programação na capital paulista ainda não foi divulgada. Será o encerramento do ano para a equipe de Dunga. Eliminatórias, depois, só em junho. Novamente em rodada dupla considerada difícil e com o tão esperado confronto contra os argentinos. Será em 18 de junho, no Mineirão. Três dias antes, a seleção visita o Paraguai.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.