Brasileiras vão mal no pentatlo moderno

As atletas brasileiras de pentatlo moderno não foram bem na disputa das semifinais da segunda etapa da Copa do Mundo da modalidade, realizadas na Escola Naval e na Sociedade Hípica Brasileira, no Rio, e não conquistaram uma vaga na final. Clarisse Menezes, Larissa Lellys, Daniele Carvalho, Yane Marques e Paula Souza decepcionaram os poucos torcedores que compareceram para prestigiar o evento, que serve como preparação para os Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007. A húngara Szuzsa Voros e a grega Katalin Partics foram as destaques dentre as 32 atletas que se se classificaram para a decisão, neste sábado. Mesmo sem conseguir a vaga na final, a atual campeã brasileira, Clarisse Menezes, disse que viu progressos no seu desempenho. "Melhorei meus tempos e isso foi muito bom." A inglesa Kate Allenby, medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, também ficou satisfeita com sua atuação na competição, bem como as condições das provas. "Foi tudo muito fácil aqui na Escola Naval. As instalações esportivas são bem próximas uma das outras, o que facilita a vida do atleta", disse. "Tive um bom resultado (segundo lugar na semifinal A). Estou no caminho certo para ir bem em Atenas." Janusz Peciak, polonês técnico dos Estados Unidos, gostou do primeiro dia de competições. "É a mais bem organizada etapa da Copa do Mundo. Está tudo funcionando perfeitamente." A segunda etapa da Copa do Mundo de Pentatlo Moderno prossegue nesta sexta-feira com as semifinais masculinas, com as provas de tiro, esgrima, natação e corrida (todas na Escola Naval, com entrada franca). No sábado, serão disputadas as finais femininas. No domingo, é a vez dos homens.

Agencia Estado,

18 de março de 2004 | 19h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.