Brasileiro faz 2 e dá título ao Besiktas; Brugge fatura o Belga e encerra jejum

O Besiktas venceu o Ankaraspor por 3 a 1 neste domingo, em casa, e garantiu o título do Campeonato Turco com uma rodada de antecedência. O destaque da conquista foi o zagueiro brasileiro Marcelo, ex-Santos, que marcou duas vezes. Mario Gómez fez o outro e Webó descontou para os visitantes.

Estadão Conteúdo

15 de maio de 2016 | 19h35

Com a vitória, o Besiktas foi a 79 pontos na classificação e não pode mais ser alcançado pelo Fenerbahçe, o segundo colocado com 73 pontos. O campeão ganhou o direito de disputar a fase de grupos da Liga dos Campeões. O vice, os playoffs.

Empurrado por pouco mais de 40 mil torcedores, o time da casa não deu chance ao adversário e abriu 2 a 0 de vantagem ainda no primeiro tempo. Marcelo inaugurou o marcador aos 21 e ampliou aos 25. Gómez fez o terceiro na etapa final e se isolou ainda mais na artilharia da competição.

O alemão fechou o Turco com 26 gols, seis a mais do que o camaronês Samuel Eto'o, que atuou pelo Antalyaspor. Foi a 14ª conquista nacional do clube, que encerra um jejum de oito anos sem conquistas. O elenco campeão também conta com o zagueiro Rhodolfo. O ex-gremista, no entanto, rompeu o ligamento do joelho direito em fevereiro e ainda se recupera da lesão.

BRUGGE É CAMPEÃO NA BÉLGICA

Quem também colocou um ponto final na ausência de títulos foi o Brugge. O clube estava há 11 anos sem faturar o Campeonato Belga, mas neste domingo goleou o Anderlecht por 4 a 0, em casa, e faturou a taça.

A partida foi válida pela antepenúltima rodada da fase final da competição e teve o atacante francês Abdoulay Diaby como principal destaque, com dois gols. O meia belga Hans Vanaken e o volante Timmy Simons completaram o placar. O resultado levou os donos da casa aos 50 pontos, seis à frente do rival.

Com o título, o time comandado pelo ex-goleiro Michel Preudhomme assegurou uma vaga à fase de grupos da Liga dos Campeões. O Anderlecht, com 44 pontos, participará dos playoffs da principal competição europeia de clubes. A conquista do Brugge contou com a participação de quatro brasileiros: o volante Claudemir, o meia Felipe Gedoz, além dos atacantes Wesley e Leandro Pereira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.