Brasileiro: história e curiosidades

Histórias, curiosidades e recordes a serem batidos não faltam em 31 anos de disputa do Campeonato Brasileiro, que começa neste sábado e vale as duas últimas vagas para a Taça Libertadores da América de 2003. O Flamengo vai tentar aumentar sua hegemonia como time que mais vezes venceu a competição: cinco, considerando a Copa União de 1987. O São Paulo foi a equipe que mais esteve em decisões: sete. O número poderia ser maior pois o time foi vice-campeão em 1971 em um triangular no qual não disputou o jogo final. Uma das curiosidades do evento é o fato de Pelé nunca ter sido campeão brasileiro, apesar de ter disputado a competição pelo Santos de 1971 a 1974. O jogador, no entanto, foi vencedor de cinco edições seguidas da Taça Brasil, precursora da competição, entre 1961 e 1965. Um recorde que está longe de ser batido é o de Roberto Dinamite, que marcou 190 gols nos 371 jogos do Campeonato Brasileiro que disput Mais gols - Edmundo foi quem marcou mais gols em uma única edição do Brasileiro: 29, em 1997, jogando pelo Vasco. O time carioca é o que mais vezes teve o artilheiro do Nacional. Além de Edmundo, Roberto (74/84), Paulinho (78), Bebeto (92) e Romário (2001). Roberto, com 190 gols, é o maior artilheiro da história da competição. Arnaldo César Coelho, atualmente comentarista da TV Globo, foi o árbitro que mais vezes atuou em partidas válidas pelo Campeonato Brasileiro. Foram 296 jogos. O mais badalado a trabalhar neste ano será Carlos Eugênio Simon, que apitou dois jogos da Copa do Mundo. Campeão invicto - O Internacional-RS é o único clube a ter conquistado o Brasileiro sem perder uma única partida. A façanha ocorreu em 1979, quando a equipe de Falcão, Batista, Carpegiani, Figueroa, Mário Sérgio, entre outras estrelas, derrotou o Vasco na final. Nos 22 jogos, alcançou 15 vitórias e 7 empates. Até hoje, foram disputados 11.065 jogos em Campeonatos Brasileiros, com 26.158 gols, média de 2,36 por partida. A maior renda foi registrada na decisão de 1983, com 155.523 pessoas assistindo a Flamengo 3 x 0 Santos. Juventude 2 x 1 Portuguesa, em 97, teve o pior público, apenas 55 pagantes.

Agencia Estado,

09 Agosto 2002 | 15h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.