Brasileiro pode dirigir o México

O brasileiro Ricardo Ferretti, o argentino Ricardo Lavolpe e o mexicano Hugo Sánchez. Um dos três deverá ser o novo técnico do México no lugar de Javier Aguirre, que trocou a seleção pelo Osasuña da Espanha. O presidente da federação mexicana de futebol, Alberto de la Torre, indicou os nomes. Agora, uma comissão de notáveis irá indicar o novo técnico. Manuel Lapuente, treinador da seleção mexicana no Mundial de 98, na França, garantiu que se for escolhido um técnico estrangeiro, ele não irá dar o seu apoio, no que foi contestado por De la Torre. Este afirmou que o importante não é o país origem do técnico, mas sim o passado dos profissionais. Lavolpe e Ferreti, ex-jogador do Botafogo do Rio, são os dois únicos estrangeiros que ganharam algum título da Liga Profissional do México nos últimos 10 anos. Já Hugo Sánchez foi o melhor jogador mexicano da história.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.