Brasileiro quer jogar em outro lugar

O jogador brasileiro Daniel Alves defendeu nesta quinta-feira o adiamento ou transferência do Mundial Sub-20 do Catar (Emirados Árabes). Daniel Alves é jogador do Bahia, mas está emprestado ao Sevilha desde o início deste ano. O jogador considerou que em face dos problemas que envolvem os Estados Unidos e o Iraque, em vias de iniciarem uma guerra, os jogadores poderão correr perigo. Os Emirados Árabes estão na região do conflito, o que poderia levar o jogador a abrir mão da sua convocação. ?Não podemos estar em um lugar pensando em que a qualquer momento uma bomba poderá cair em cima da nosa cabeça?, disse Daniel Alves, que reconheceu seu medo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.