Brasileiros brilham no Espanhol; Luis Fabiano é o artilheiro

Já Ronaldinho Gaúcho entra no segundo tempo e ajuda o Barcelona a encostar no líder Real Madrid

Efe

03 de fevereiro de 2008 | 20h55

Os jogadores brasileiros Luis Fabiano, do Sevilla, Ricardo Oliveira, do Zaragoza, e Diego, do Almería, foram os destaques de seus times nos jogos da 22ª rodada do Campeonato Espanhol, que também viu Ronaldinho Gaúcho começar no banco do Barcelona na partida contra o Osasuna. Veja também: Classificação / Calendário / Resultados Luis Fabiano ajudou o Sevilla a se recuperar no certame ao marcar os dois gols da vitória de sua equipe sobre o Recreativo fora de casa, por 2 a 1, e se tornou o novo artilheiro do Espanhol, com 16 gols.Sua equipe agora está na sétima colocação no campeonato, com 32 pontos, dois abaixo da zona de classificação para a Liga dos Campeões.No jogo de estréia do técnico Javier Irureta como técnico do Zaragoza, Ricardo Oliveira fez o gol da vitória do time sobre o Athletic de Bilbao por 1 a 0, aos 28 minutos do primeiro tempo. Com este resultado, o clube do atacante brasileiro fica na décima posição na tabela do Campeonato Espanhol, com 29 pontos.Se Luis Fabiano e Ricardo Oliveira foram importantes por terem feito gols para suas equipes, Diego, ex-Atlético-MG, se destacou por ter os evitado. O goleiro do modesto Almería foi o grande nome da vitória de seu time por 2 a 0 sobre o líder Real Madrid, em partida disputada no sábado.A terceira derrota do time de Robinho, Marcelo e Júlio Baptista no Campeonato Espanhol teve como destaque negativo o zagueiro italiano Cannavaro, que falhou no primeiro gol do Almería, marcado por Juanito aos 15 minutos de jogo, e cometeu o pênalti que originou o segundo, convertido por Negredo no início da segunda etapa.O Barcelona aproveitou o resultado ruim do Real Madrid ao vencer o Osasuna neste domingo em casa por 1 a 0, com gol de Xavi nos últimos minutos de jogo.Debaixo de chuva, o Barça passou o jogo inteiro tentando furar a retranca de seu adversário. Com o argentino Messi e o francês Henry pouco inspirados, além da ausência do camaronês Eto'o, o placar não dava indícios de que mudaria tão cedo.A entrada de Ronaldinho Gaúcho no meio do segundo tempo não mudou muita coisa. No fim, Xavi trouxe a vitória para os comandados de Frank Rijkaard ao acertar uma bela pancada de direita. Com a vitória, o Barça diminuiu para seis pontos a diferença para o líder da competição.Por sua vez, o Villarreal empatou em 1 a 1 com o Mallorca em casa. Os dois gols da partida, frutos de dois polêmicos pênaltis, foram marcados pelo italiano Rossi, para o time local, e pelo grego Basinas, para o visitante.Já o Atlético de Madrid não consegue se reerguer após ter sido eliminado da Copa do Rei. Hoje, o clube empatou em 1 a 1 com o fraco Murcia, em partida na qual o argentino Agüero sofreu uma forte entorse no tornozelo direito.O Murcia abriu o placar com Jofre, que converteu um pênalti cometido pelo brasileiro Fabiano Eller. Onze minutos depois, Luis García empatou. Com o empate, o Atlético cai para a quinta colocação, após a vitória do Espanyol sobre o Getafe por 1 a 0, na partida que fechou a 22.ª rodada do campeonato.Com a vitória, o Espanyol chega aos 39 pontos, e pula da quinta para a terceira colocação, ultrapassando o Atlético e o Villarreal. A semana também foi muito boa para o Valencia. Além de ter se classificado para as semifinais da Copa do Rei, a equipe do holandês Ronald Koeman acabou com a maré de falta de vitórias e superou o Valladolid por 2 a 0 fora de casa, gols de Mata e Villa.Por fim, o La Coruña venceu o Bétis por 1 a 0 no campo do adversário, com gol de Pablo Amo, e escapou da zona de rebaixamento. O goleiro do time derrotado, Ricardo, foi um dos destaques do jogo por ter defendido um pênalti batido por Juan Rodríguez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.