Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Brasileiros colecionam títulos na Europa

Os principais campeonatos europeus nem terminaram, mas nove jogadores brasileiros já garantiram o título em seus respectivos países. Dos três torneios nacionais já definidos, os brasileiros marcaram presença nos três campeões: Kaká, Dida, Cafu e Serginho no Milan, da Itália; Edu e Gilberto Silva no Arsenal, da Inglaterra; e Derlei, Deco, Carlos Alberto, Maciel, Evaldo e Bruno Moraes no Porto, de Portugal.Dos novos campeões italianos, Kaká é a maior revelação. Conquistou seu título no primeiro ano de Liga Italiana. "Eu mesmo não esperava conseguir tanta coisa assim tão rápido", disse.Na Inglaterra, são raros os clubes que possuem brasileiros - a severa imigração britânica breca muitas transações aos não-comunitários. O Arsenal, porém, tem dois: Gilberto Silva e Edu. E conquistou a Premier League com três rodadas de antecedência. Edu pode comemorar outro feito: vem ganhando a confiança do técnico Carlos Alberto Parreira - foi convocado ontem para integrar a Seleção, ao lado do colega Gilberto Silva.O meia Carlos Alberto, revelação do Fluminense no Campeonato Brasileiro de 2003, teve uma rápida adaptação ao futebol português. Firmou-se na equipe titular do Porto, ganhou o título nacional com duas rodadas de antecedência e está na final da Copa dos Campeões contra o Monaco.Na Copa da Uefa, certamente haverá brasileiros na final, pois o Valencia, de Ricardo Oliveira e Fábio Aurélio, faz hoje uma das semifinais contra o Villarreal, de Belletti, Sonny Anderson e Marcos Senna, no Estádio Mestalla. Na outra, o Newcastle pega o Olympique, em Marselha.Na Alemanha, o atacante Aílton, do Werder Bremen, está perto do título - são seis pontos de vantagem sobre o Bayern de Munique - e é o artilheiro da Bundesliga com 26 gols, quatro a mais que o holandês Roy Makaay, do Bayern de Munique. E está a três gols do francês Thierry Henry, do Arsenal, na disputa do troféu "Chuteira de Ouro" oferecido ao goleador da Europa.No Francês, a briga está mais equilibrada. O Lyon, de Juninho Pernambucano, Edmílson, Caçapa e Élber, lidera com 70 pontos, dois à frente do Monaco, faltando quatro rodadas. Na Espanha, o Valencia abriu uma vantagem de quatro pontos sobre o Real Madrid, de Ronaldo e Roberto Carlos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.