Brasileiros contra o Brasil, outra vez

Brasileiro enfrentando o Brasil não é novidade. Técnicos, foram vários antes de Zico. Na Copa de 1966, por exemplo, Otto Glória dirigiu a seleção portuguesa na vitória por 3 a 1 sobre os então bicampeões mundiais. Quatro anos depois foi a vez de Didi. No banco da seleção do Peru, o treinador viu o Brasil que viria a ser tricampeão vencer por 4 a 2 o jogo válido pela Copa do México. Alexandre Guimarães foi outro a defrontar-se com uma seleção brasileira em uma Copa. Em 2002, à frente da Costa Rica, levou 5 a 2 do time dirigido por Felipão no Mundial disputado na Ásia. Detalhe: Guimarães havia enfrentado o Brasil também como jogador. Foi em 1990, na Itália. Ele defendia a mesma Costa Rica na derrota por 1 a 0. Atual técnico do São Paulo, Paulo Autuori teve pela frente recentemente a seleção de Carlos Alberto Parreira, pelas Eliminatórias. Dirigia o Peru e perdeu por 1 a 0, em Goiânia. Luiz Felipe Scolari, campeão mundial em 2002, teve o Brasil no ano seguinte, já no comando da seleção portuguesa. Venceu por 2 a 1 um amistoso. Naquela partida, um jogador nascido em São Bernardo no Campo, Deco, marcou um gol, o da vitória, para Portugal. Paulo Rink e Kuranyi, pela Alemanha, foram outros jogadores nascidos no Brasil que atuaram contra a seleção. E nesta quarta-feira um brasileiro naturalizado, Alex Silva, defenderá o Japão contra o time de Parreira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.