Brasileiros e alemães contra racismo

Antes do jogo em Nuremberg, neste sábado, jogadores das seleções brasileira e alemã se uniram em uma mensagem contra o racismo. Michael Ballack e Ronaldinho Gaúcho, os dois capitães, leram, cada um em seu idioma, uma mensagem que terminava com a seguinte frase: ?Diga não ao racismo?. As mensagens dos dois jogadores foram reproduzidas em um telão no estádio, em alemão e em inglês, e no final de sua apresentação a torcida aplaudiu de pé. Depois da execução dos hinos dos dois países, os jogadores dos dois times posaram para uma foto ao lado do cartaz da campanha contra o racismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.