Brasileiros podem cair no mesmo grupo

O Brasil pode ser representado por três técnicos em uma só chave na primeira fase da Copa do Mundo. A seleção sul-americana, cabeça-de-chave do Grupo F, tem possibilidade de ficar ao lado de Portugal e Japão ou Costa Rica. Se isso ocorrer, Carlos Alberto Parreira enfrentará Felipão e Zico ou Alexandre Guimarães logo de cara. Em 2002, Felipão, então no Brasil, se encontrou com Guimarães, da Costa Rica. Em 1970, Zagallo teve pela frente Didi, treinador da seleção peruana. E, em 66, Vicente Feola acabou derrotado pelo compatriota Otto Glória, comandante do time português. Mas três brasileiros enfrentando-se num mesmo grupo seria algo inédito em Copas do Mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.