Brasileiros são favoritos em todos os cantos do mundo

Matemáticos, estatísticos, apostadores e torcedores de todo o planeta - com os mais variados métodos, equipamentos e pensamentos - são unânimes em afirmar o seguinte: o Brasil será o campeão da Copa do Mundo da Alemanha. Na Inglaterra, o Brasil aparece em primeiro na preferência dos apostadores, mesmo com bandeiras inglesas espalhadas pelas cidades e a convicção entre os torcedores de que os jogadores locais são os melhores dos últimos tempos. Super computadores, como os da empresa de estatísticas Decision Technology (Dechtech), analisaram 4,5 mil partidas de futebol, desde 2002, e concluíram que o Brasil tem 13,1% de chances de ganhar a Copa - a mais alta entre os 32 participantes. Segundo estudos da Dechtech, só três seleções poderiam ameaçar o hexa do Brasil: Holanda, França e República Checa. Já o escritor inglês Gary Rimmer publicou um livro com 164 páginas de estatísticas sobre futebol e afirmou que o Brasil vencerá a Argentina na final da Copa por 2 a 1, enquanto a Inglaterra será terceira colocada. Na última pesquisa realizada entre os alemães, o Brasil aparece disparado como favorito para conquistar o título. Aqui, não é diferente: pesquisa CNT/Sensos da última semana revelou que 79,8% dos brasileiros confiam na conquista do hexa. Grande parte dos jogadores que disputam a Copa também apontam o Brasil como favorito. Entretanto, existem pessoas que estão em dúvidas sobre a conquista do hexa. Uma delas é Pelé, que na última semana avisou que a seleção brasileira tem que tomar cuidado com o clima "de já ganhou, pois o favorito nunca ganha a Copa". A Copa do Mundo da Alemanha começa no dia 9 de junho. O Brasil só estréia no dia 13, contra a Croácia.

Agencia Estado,

29 Maio 2006 | 10h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.