Brasileiros seguem marcando gols decisivos no Espanhol

Edu, do Betis, e Felipe Melo, do Almería, marcaram na vitória de suas equipes pela rodada deste domingo

EFE

27 de janeiro de 2008 | 17h09

Um dia depois de o atacante Luis Fabiano marcar o gol da vitória do Sevilla sobre o Osasuna por 2 a 1, de pênalti, outros dois brasileiros marcaram gols importantes nas partidas da 21.ª rodada do Campeonato Espanhol deste domingo.Veja também: Classificação / Últimos resultados / Próximos jogosO meia Edu, ex-São Paulo, garantiu ao Betis um importante triunfo de 2 a 1 sobre o Espanyol fora de casa. O jogador balançou as redes aos 46 do segundo tempo, escorando de cabeça um cruzamento de Rivera. O mesmo Rivera abriu o placar nos acréscimos da etapa inicial, mas Luis Garcia tinha empatado para os catalães aos sete do segundo tempo. O Betis vai aos 25 pontos e chega à 14.ª posição, enquanto o Espanyol fica em quinto, com 36, e amarga sua terceira derrota seguida no torneio. Outro que se destacou foi o meia Felipe Melo. O ex-jogador de Cruzeiro, Flamengo e Grêmio fez o único gol da vitória do Almería sobre o Valencia em pleno estádio Mestalla. O brasileiro balançou as redes aos 20 minutos de partida. O Almería teve ainda o goleiro Diego, ex-Atlético-MG, como titular. A equipe ocupa a oitava posição, com os mesmos 29 pontos do Sevilla. Já o Valencia segue em queda livre, agora na 11ª posição e com 27 pontos. Pelo Levante, lanterna do Espanhol, o zagueiro Álvaro - também ex-São Paulo - fez o primeiro de sua equipe na virada sobre o Múrcia por 3 a 2, na casa do adversário. Ivan Alonso fez o primeiro do Múrcia - que teve o meia Rosinei, ex-Corinthians, em campo - logo no início do segundo tempo, mas o brasileiro e Riga, de pênalti, viraram. Abel voltou a igualar aos 44, mas Pedro León garantiu a vitória no último minuto.Porém, o resultado pouco ajuda o Levante: o time tem 12 pontos, enquanto o Deportivo, penúltimo colocado, chegou aos 20 superando o Valladolid por 3 a 1. Lopo, Xisco e Guardado marcaram, com Víctor fazendo o único dos perdedores. Em Santander, o Racing arrancou um empate com o Zaragoza de Ricardo Oliveira graças a um gol do congolês Tchité nos acréscimos. Bolado colocou o time local na frente, mas o argentino Diego Milito e Celades conseguiram a virada. Com Fabiano Eller, Thiago Motta e Cláber Santana entre os titulares, o Atlético de Madri perdeu para o Mallorca no Ono Estadi por 1 a 0, com gol do venezuelano Arango aos 21 da primeira etapa. O time da capital cai para o quarto lugar, com 37 pontos. Mesmo atuando em Huelva, o Getafe superou o Recreativo por 3 a 1. Albín colocou os visitantes em vantagem e Camuñas empatou, mas Granero e Del Moral garantiram os três pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
Campeonato Espanhol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.