Brasileiros têm rodada de jogos decisivos na Libertadores

Esta quarta-feira reserva três confrontos envolvendo times brasileiros pela terceira rodada da Copa Libertadores da América. Na Vila Belmiro, o Santos recebe o Gimnasia y Esgrima, pelo Grupo 8; Em Buenos Aires, o Inter visita o Vélez Sarsfield, pela 4, e em Curitiba, Paraná e Flamengo se enfrentam pelo 5.Teoricamente, o compromisso menos complicado dos três é o do Santos, que busca a terceira vitória consecutiva no torneio diante de um adversário que vem ao Brasil com o time misto - está privilegiando o Campeonato Argentino.Ainda assim, o técnico Vanderlei Luxemburgo prevê dificuldades iguais ou maiores do que as do clássico do último domingo, contra o São Paulo, pelo Paulistão. "Provavelmente, o Gimnasia vai se fechar na defesa e tentar surpreender nos contra-ataques", admitiu o treinador. "Vamos entrar com o pensamento na vitória para ficarmos com nove pontos, seis a mais do que eles, o que nos deixará perto da classificação."Inter vai de Pato no bancoO técnico Abel Braga deve deixar o ídolo Alexandre Pato na reserva do Inter no jogo desta quarta-feira, contra o Vélez. A justificativa, ensaiada antes do embarque, é de que as ausências do volante Wellington Monteiro e do meia Alex, contundidos, e a qualidade do adversário vão exigir a mudança do esquema, do 4-4-2 para o 3-5-2, com dois atacantes, Fernandão e Iarley, mais experientes nos duelos com os zagueiros argentinos.Terceiro colocado do Grupo 4, com três pontos, o Inter precisa ao menos do empate em Buenos Aires para seguir com boas chances de classificação para a próxima fase."Clássico" no Durival de BritoNo duelo brasileiro da rodada, Paraná e Flamengo brigam pela liderança do Grupo 5. O time curitibano tem seis pontos e o carioca soma quatro. No Paraná, a principal preocupação é o meia Dinelson, destaque do time na Libertadores, que sente fortes dores no tornozelo direito. Se não puder atuar, entra o zagueiro João Vítor, e o time jogará com três defensores, para que os laterais tenham mais liberdade na armação de jogadas. A estratégia rubro-negra já foi montada: apostar nos contra-ataques. O técnico Ney Franco resolveu barrar Claiton e escalou, enfim, o meia Juninho Paulista para atuar ao lado de Renato Augusto, próximos dos homens de frente, Roni e Souza.Santos x Gimnasia y EsgrimaSantos - Fábio Costa; Denis, Antonio Carlos, Adaílton e Kleber; Rodrigo Souto, Maldonado, Cléber Santana e Zé Roberto; Rodrigo Tiuí e Marcos Aurélio. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.Gimnasia y Esgrima - Kletnicki; Gustavo Semino, San Esteban, Santiago Gentilletti e Germán, Basualdo; Álvaro Ormeño, Matias Esccobar, Pacheco e Sergio Leal; Cornejo e Pierguidi. Técnico: Pedro TroglioÁrbitro - Ricardo Grance (Paraguai). Horário - 21h45. Local - Vila Belmiro, em Santos. Vélez Sarsfield x InternacionalVélez Sarsfield - Gastón Sessa; Hernán Pellerano, Mariano Uglessich, Sergio Sena; Javier Robles, Mario Méndez, Fabianesi, Emiliano Papa e Damian Escudero; Mauro Zárate e Gustavo Balvorín. Técnico: Ricardo Lavolpe.Internacional - Clemer; Índio, Wilson e Rafael Santos; Ceará, Edinho, Maycon, Adriano Gabiru e Hidalgo; Iarley e Fernandão. Técnico: Abel Braga.Árbitro - Carlos Amarilla (Paraguai). Horário - 19h30. Local - Estádio José Amalfitani, em Buenos Aires (ARG).Paraná x FlamengoParaná - Flávio; Daniel Marques, Neguette e João Vítor (Dinelson); André Luiz, Beto, Xaves, Gerson e Egídio; Henrique e Josiel. Técnico: Zetti.Flamengo - Bruno; Leonardo Moura, Ronaldo Angelim, Irineu e Juan; Paulinho, Renato, Renato Augusto e Juninho Paulista; Roni e Souza. Técnico: Ney Franco.Árbitro - Leonardo Gaciba (RS). Horário - 21h45. Local - Estádio Durival de Brito, em Curitiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.