Brasiliense contrata o técnico Luiz Carlos Ferreira

Apresentado nesta segunda-feira, novo treinador diz ainda acreditar na chance de levar o time à Série A

08 de outubro de 2007 | 19h49

O Brasiliense apresentou nesta segunda-feira seu novo treinador, Luiz Carlos Ferreira. A esperança do cartola é "dar um choque" no elenco, que foi bastante criticado após a derrota para o Remo, por 5 a 1, sábado, em Belém, pela 29.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. "Passamos vergonha. Se eu pudesse, mandaria uns dez jogadores embora, mas agora não adianta. Além disso, nosso time está muito mal preparado fisicamente", disse o presidente do clube, o ex-senador Luiz Estevão. Mesmo assim, o novo técnico disse acreditar na possibilidade de levar a equipe ao acesso. "Sou um homem de desafios e não viria para cá se não tivesse isso na minha cabeça", afirmou Ferreira, conhecido no futebol como o Rei do Acesso. "São quase 20 na minha carreira", garante. Ferreira vai substituir Givanildo de Oliveira, que perdeu os cincos jogos em que dirigiu o Brasiliense. O time começou a temporada sob o comando de Roberto Fernandes, que se transferiu para o Náutico, que disputa a Série A. Depois foi dirigido por Wanderley Paiva e Givanildo. A estréia do novo técnico vai acontecer no próximo sábado, em casa, diante do CRB. Com 40 pontos, o time candango caiu para a 12.ª posição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.