Brasiliense derrota Campinense com gols de Fábio Júnior

No duelo da reabilitação, o Brasiliense se deu melhor ao vencer o Campinense, por 2 a 1, de virada, neste sábado à noite, na Boca do Jacaré, no fechamento da segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Curiosamente, os três gols foram marcados por atacantes de mesmo nomes. Fábio Júnior, abriu o placar para o visitante, enquanto Fábio Júnior, ex-seleção brasileira, marcou duas vezes para virar o jogo.

AE, Agencia Estado

16 de maio de 2009 | 23h12

Na estreia, o time candango foi derrotado pelo Vasco da Gama por 1 a 0, mas agora, com três pontos, ocupa a 11.ª posição. Enquanto isso, o Campinense, caiu na Paraíba, por 2 a 1, frente ao Duque de Caxias, por 4 a 2, e ficou em 17º lugar, com a segunda derrota consecutiva.

Mesmo jogando em casa, o Brasiliense não soube valorizar a posse de bola, exagerou nos erros de passes e permitiu os contra-ataques do visitante. Assim, aos 16 minutos, Edmundo desceu em velocidade pelo lado direito e fez assistência perfeita para dentro da área. Fábio Júnior dividiu de cabeça com o goleiro Guto e levou a melhor, abrindo o placar.

Mas no choque com o goleiro, o atacante paraibano levou a pior ao sofrer uma forte pancada na coxa direita. Aos 21 minutos, sentindo muitas dores, ele acabou substituído por Tiago Cavalcanti.

Aos poucos, o experiente Iranildo encontrou espaços no meio-campo e passou a levar perigo com seus lançamentos. E foi numa virada de jogo que ele encontrou Fábio Júnior nas costas da defesa. O ex-atacante do Cruzeiro ajeitou a bola e bateu cruzado no canto direito de Fabiano, empatando o jogo aos 31 minutos.

O Campinense perdeu outro jogador machucado. Adelmo, com uma lesão muscular, deixou o campo para a entrada de Junior Maranhão. E o time paraibano, que contou com o apoio de bom número de torcedores, perdeu a melhor chance de desempatar aos 47 minutos. Edmundo desceu sozinho em velocidade, mas chutou em cima do goleiro Guto.

No segundo tempo, o time candango perdeu força com a saída de Iranildo, que sentiu uma lesão logo aos sete minutos. Em seu lugar entrou Didão. O Campinense ainda continuava perigoso nos contra-ataques e perdeu duas boas chances para ficar na frente no placar.

Mas, aos 29 minutos, brilhou a estrela de Fábio Júnior. Ele aproveitou o recuo errado de Tiago Salete, driblou o goleiro Fabiano e chutou para o gol, deixando o Brasiliense na frente. Depois disso, o Campinense ainda tentou ir ao ataque, com Jailson no lugar de Giuliano. O time da casa, porém, reforçou a marcação e garantiu a vitória.

Pela terceira rodada, o Brasiliense vai enfrentar o Fortaleza, no Castelão, no próximo sábado, no Ceará. O Campinense vai atuar em casa já nesta terça-feira, diante do Guarani, que venceu o América-RN, por 1 a 0, neste sábado, e manteve os 100% de aproveitamento.

Ficha Técnica:

Brasiliense 2 x 1 Campinense

Brasiliense - Guto; Ailson, Cris e César Gaúcho; Júlio César, Juninho, Iranildo (Didão), Éder e Edinho; Chimba (Chefe) e Fábio Júnior (Ricardinho). Técnico: Roberval Davino.

Campinense - Fabiano; Émerson, Márcio Giovanini e Charles; Thompson, Tiago Salete, Adelmo (Junior Maranhão), Giuliano (Jailton) e Jorginho Paulista; Edmundo e Fábio Junior (Tiago Cavalcanti). Técnico: Ferdinando Teixeira.

Gols - Fábio Júnior (C), aos 16, e Fábio Júnior (B), aos 31 minutos do 1.º tempo. Fábio Júnior (B), aos 29 minutos do 2.º tempo.

Cartões amarelos - Cris, Juninho, Júlio César, Ailson, Chimba (Brasiliense); Thompson, Edmundo, Márcio Giovanini, Charles e Giuliano (Campinense).

Árbitro - Arnoldo Vasconcelos Figarela (RO).

Renda e público - Não divulgados.

Local - Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.