Brasiliense derrota o Bragantino com um gol no final

Com um gol do zagueiro Moacri, aos 45 minutos do segundo tempo, o Brasiliense venceu o Bragantino por 2 a 1, nesta sexta-feira, no estádio da Boca do Jacaré, em Taguatinga, na abertura da 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

AE, Agencia Estado

14 de agosto de 2009 | 23h09

Com 26 pontos e oito vitórias, o Brasiliense subiu para a oitava posição, enquanto o Bragantino, com a mesma pontuação, mas com sete vitórias, caiu da oitava para a nona colocação.

O time paulista não abriu mão de sua filosofia de jogo, começando com três zagueiros e três volantes. A disposição era de evitar o gol do Brasiliense, que não mostrou muita força ofensiva. Mas, aos 23 minutos, a defesa do Bragantino falhou na marcação e Abuda apareceu na pequena área, na frente do goleiro Gilvan, e desviou a bola para as redes.

No intervalo, o técnico Marcelo Veiga se viu obrigado a mudar sua forma de atuar. Assim, tirou o volante Mário para a entrada do veterano meia Lúcio. O estreante deu sorte porque empatou aos cinco minutos. Ele ajeitou a bola na frente da grande área e bateu com curva. A bola morreu no ângulo esquerdo de Guto, que nada pôde fazer para evitar o empate.

O gol deu ânimo ao visitante, que passou a explorar a velocidade em cima de um time aparentemente mal preparado fisicamente. A partir dos 20 minutos, porém, o Bragantino preferiu se fechar na defesa para garantir o resultado. E foi castigado no final, aos 45. Após cobrança de falta, a defesa não aliviou e a bola sobrou na pequena área para o chute do zagueiro Moacri.

Pela 19.ª rodada, a última do primeiro turno, o Brasiliense vai enfrentar o Vila Nova, no próximo dia 22 (sábado), às 16h10, em Goiânia. No mesmo dia, mas às 21 horas, o Bragantino vai receber o ABC.

Ficha técnica

Brasiliense 2 x 1 Bragantino

Brasiliense - Guto; Juninho, César Gaúcho, Moacri e Edinho; Pedro Ayub, Didão, Iranildo (Thiago Félix) e Éder (Rodriguinho); Gustavo (Chefe) e Abuda. Técnico: Heriberto da Cunha.

Bragantino - Gilvan; Marcelo Godri, Da Silva e Carlinhos; Diego Macedo, Paulinho, Mário (Lúcio), Juninho (Arthur) e Santos; Léo Jaime(Rodrigo Costa) e Pedro Henrique. Técnico: Marcelo Veiga.

Gols - Abuda, aos 23 minutos do primeiro tempo; Lúcio, aos 5, e Moacri, aos 45 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Didão (Brasiliense); Mário, Da Silva, Marcelo Godri, Carlinhos e Juninho (Bragantino).

Árbitro - Marcos Mateus Pereira (MS).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio da Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.