Brasiliense pode perder 6 pontos por jogador irregular

Problema envolve o volante Bidu, que não consta no registro de jogadores da CBF; caso vai para o STJD

Agência Estado

17 de maio de 2008 | 18h33

O Brasiliense pode perder até seis pontos por ter incluído irregularmente no time o volante Bidú na vitória sobre o Santo André, por 3 a 1, terça-feira, no ABC, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Veja também: Classificação Próximos jogos / Últimos resultados Bahia e Fortaleza vencem a 1.ª; ABC e São Caetano empatam Corinthians bate o Gama com golaços de Acosta e DouglasO contrato do jogador terminou dia 10 de maio e seu nome não aparece no Boletim Informativo Diário (BID), o que é obrigatório para todos os atletas. Este caso é semelhante ao acontecido com o Marília, ano passado, envolvendo o jogador Leandro Camilo. Na época, porém, o clube mostrou que o erro tinha sido da Federação Paulista de Futebol, que não enviou os documentos à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O departamento jurídico do Brasiliense, porém, garante já ter uma base para sua defesa. Segundo o Regulamento Geral das Competições, em caso de renovação de contrato, o atleta terá condição de jogo sem limitação de prazo para registro, desde que a publicação da renovação no BID não ultrapasse o prazo de 30 dias, contados a partir da data do término do contrato anterior. Quem vai decidir é o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em data a ser divulgada. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.