Brasiliense surpreende o Goiás: 3 a 1

Aos 34 anos, após o fim tumultuado de seu casamento e agora com a cabeça raspada, o meia Marcelinho Carioca dá a volta por cima e mostra o seu melhor futebol, armando as jogadas decisivas na vitória de 3 a 1 do Brasiliense sobre o Goiás, hoje à tarde, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Com a vitória, o Brasiliense subiu da 16.ª para a 13.ª posição, somando 15 pontos ganhos. "A opção de contra-atacar foi mortal pois soubemos explorar os espaços deixados pelo Goiás", disse Marcelinho, autor de um dos gols da partida. O duro castigo sobre o time goiano começou no primeiro tempo quando o Goiás pressionava, dominava e se mostrava à vontade em campo. Aos 31 minutos, Marcelinho Carioca lançou Oséas, que desviou para Iranildo cabecear entre dois zagueiros e marcar 1 a 0, no canto esquerdo de Harlei. Aos 45 minutos, Marcelinho ampliou para 2 a 0, aproveitando uma falha do ala Paulo Baier para bater no canto direito e marcar. "A nossa equipe esteve muito bem; se deixarem, a gente faz", garantiu Marcelinho. Ni segundo tempo, o Brasiliense isolou Oséas no ataque para se defender com 10, o que irritou o Goiás, que, lento e sem criação, só diminuiu o placar, aos 24 minutos com Roni, aproveitando o cruzamento de Fábio pela direita. Mesmo empurrado pela torcida, o Goiás não soube virar o placar. Pelo contrário, o Brasiliense ainda ampliou para 3 a 1, aos 37 minutos, com Alex Oliveira. "Soubemos aproveitar as oportunidades, usamos a experiência, exploramos os contra-ataques e batemos", afirmou o centroavante Oséas.Agora, o Goiás que soma duas derrotas seguidas no Serra Dourada, vai tentar se reabilitar no Campeonato Brasileiro na próxima quarta-feira (20), às 20h30min, jogando contra o Internacional (RS), no Beira-Rio. Já o Brasiliense enfrenta o São Paulo, campeão da Libertadores, no Distrito Federal, às 21h45min.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.