Brasiliense vence e sai do sufoco

O Brasiliense, afinal, espantou a crise de gols e voltou a vencer em casa, neste domingo, o Paraná por 1 a 0. Essa foi a segunda vitória no Brasileirão. Em campo, porém, não brilhou o melhor futebol do Jacaré, que viu o ritmo do jogo ser imposto pelo Paraná. O time paranaense explorou as jogadas em contra-ataque, mas não teve sorte na finalização. A vitória saiu apenas na etapa final. Aos 10 minutos, em cobrança de falta, Iranildo fez o gol. Com o resultado - a primeira vitória diante de sua torcida -, o Brasiliense subiu para seis pontos ganhos. Mas continua, assim como o Paraná, próximos da zona de rebaixamento. ?A tendência agora é o time ficar menos tenso, jogar melhor e ter melhor desempenho na competição?, disse Espinosa, que negou estar de saída do time. Se a vitória era tudo o que a equipe precisava, como disse Luiz Estevão, o dono do time, agora o Brasiliense terá 13 dias de tranqüilidade e só volta a jogar no dia 11 contra o São Caetano, no ABC Paulista. No mesmo dia, o Paraná pega o Fortaleza, no Pinheirão, em Curitiba. O recesso favorece a recuperação do meia Marcelinho Carioca, que está com uma contusão na coxa direita. Antes, nesta terça-feira, o Jacaré tentará no STJD da CBF impedir a perda de mando de campo por invasão no jogo contra o Fluminense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.