Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Braz agradece apoio após cusparada e critica torcedor que 'passou dos limites'

Zagueiro do Santos discutiu com torcedores e foi alvo de cuspes após derrota para o Vasco

O Estado de S.Paulo

09 Novembro 2017 | 18h03

Alvo de cusparadas após a derrota do Santos por 2 a 1 para o Vasco, na noite de quarta-feira, 8 de novembro, pelo Brasileirão, David Braz fez uma postagem nas redes sociais agradecendo o apoio dos torcedores que criticaram o episódio na Vila Belmiro. De acordo com o zagueiro, tratou-se de um caso isolado que não representa o comportamento do "verdadeiro torcedor" santista.

+ Santistas lamentam derrota, mas afirmam não desistir da luta pelo título

Na briga pelo título brasileiro, o Santos saiu vencendo o Vasco com gol de Ricardo Oliveira, mas sofreu a virada, com gols de Evander e Nenê no final do segundo tempo, e viu o líder Corinthians disparar na tabela. A torcida vaiou, xingou os atletas e tentou atingi-los com cuspes na saída de campo.

Lucas Lima foi quem mais irritou a torcida. O meia, que deu uma bela assistência para Ricardo Oliveira e levou a mão à orelha para rebater as vaias, foi um dos mais xingados diante da surpreendente virada do time carioca. A relação do camisa 10 com os torcedores já estava balançada por causa da demora do jogador em responder à proposta de renovação de contrato, que termina no fim do ano. Ele saiu de campo sem dar entrevistas. 

Braz, no entanto, parou para falar com repórteres e quase foi atingido pela cusparada. Ele chegou a discutir com um torcedor. "Nós precisamos jogar? Entendi. Bela torcida, vocês", disparou o zagueiro.

+ Postura de Lucas Lima irrita Elano, que promete conversa com o meia

+ MORELLI: Não está descartado afastamento do meia antes do fim do ano

Em tom mais conciliador, Braz escreveu nesta quinta que comprende a frustração da torcida após a derrota, mas lembrou que há limites no tom das cobranças. "A pessoa em questão ultrapassou todos eles. Agora é deixar isso para trás e pensar na frente". 

A derrota para o Vasco na Vila Belmiro fez o Santos cair para o terceiro lugar na tabela, com 56 pontos, um atrás do Grêmio, que venceu a Ponte e assumiu a vice-liderança. Já o Corinthians venceu o Atlético-PR e chegou a 65 pontos a cinco rodadas do fim do torneio. 

O próximo compromisso do time santista será contra a Chapecoense, segunda-feira, às 20h, na Arena Condá. David Braz, que sentiu dores na coxa esquerda e foi substituído por Luiz Felipe aos 26 do segundo tempo, é dúvida para o duelo. O zagueiro faria exames ainda nesta quinta-feira para saber o grau da lesão. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.