Rubens Chiri/São Paulo
Rubens Chiri/São Paulo

Brenner e Sara reencontram Atlético-GO e tentam fazer São Paulo reagir outra vez

No primeiro turno, garotos ganharam chance de Fernando Diniz e foram decisivos na recuperação da equipe

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2021 | 05h00

Brenner e Gabriel Sara foram lançados no São Paulo em uma atitude de desespero de Fernando Diniz. O time vinha de série sem vitórias no Brasileirão e eliminação na Copa Libertadores e o treinador resolveu apostar nos jovens diante do Atlético-GO. Eles brilharam naquele jogo, no Morumbi, com dois gols do atacante e um do meia e fizeram o time iniciar arrancada à liderança. Neste domingo, diante dos goianos, eles tentarão repetir a dose da "estreia" para recolocarem a equipe novamente na briga pela taça.

Sara foi desfalque diante do Coritiba por causa de uma indisposição no aquecimento. Deu lugar a Tchê Tchê. Mas treinou entre os titulares e deve retornar, justamente na vaga do volante. Brenner tem tudo para ganhar mais um voto de confiança, mas o jejum de gols já o faz sofrer pressão de Pablo.

São cinco jogos sem vitórias do São Paulo no Brasileirão, seis no geral considerando a eliminação diante do Grêmio na Copa do Brasil. Caiu do topo para o terceiro lugar. O período nebuloso contrasta exatamente em decorrência da falta de gols da dupla de jovens.

Brenner fez dois gols na última vitória do São Paulo. Um 2 a 1 no Maracanã sobre o Fluminense, ainda em dezembro. A fonte secou e o time parou de ganhar. Neste domingo, ele completará 36 dias de jejum. Sara não anota há mais tempo. São 46 dias sem bola nas redes adversárias.

Diniz viu o São Paulo arrancar com os meninos e espera recolocar o São Paulo nos trilhos com eles e diante do adversário da redenção. O São Paulo espera apagar a má impressão dos últimos jogos em Goiânia. A meta é tentar diminuir a vantagem de quatro pontos do líder Internacional.

Sem problemas de desfalque, o São Paulo tentará resgatar o futebol bonito e envolvente que o colocou entre do favoritos ao título alguns jogos atrás. É ganhar ou dar adeus definitivamente à luta pelo título.

A única mudança em relação àquele duelo com o Atlético-GO é o fato de Diniz, na época, ter barrado a dupla de defesa titular. Neste domingo, Arboleda e Bruno Alves estarão mais uma vez entre os 11, como nos últimos jogos, após recuperarem a posição por mérito.

A ordem é recolocar a cabeça no lugar e mostrar que desentendimentos do jogo passado já foram resolvidos. Tiago Volpi bateu boca com Reinaldo diante do Coritiba, por exemplo.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-GO X SÃO PAULO

ATLÉTICO-GO - Gabriel Bernard; Dudu, João Victor, Éder e Natanael; Pereira, Marlon Freitas e Matheus Vargas (Chico); Wellington Rato, Janderson e Zé Roberto. Técnico: Marcelo Cabo.

SÃO PAULO -  Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Igor Gomes e Gabriel Sara; Luciano e Brenner. Técnico: Fernando Diniz.

ÁRBITRO: Braulio da Silva (SC).

HORÁRIO: 16h.

LOCAL: Antônio Accioly, em Goiânia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.