Ricardo Duarte/SC Internacional
Ricardo Duarte/SC Internacional

Brenner e Valdivia decidem, Inter vence e se aproxima das semifinais do Gaúcho

Colorado faz o suficiente para vencer com tranquilidade e sai na frente nas quartas de final do Campeonato Gaúcho

Estadão Conteúdo

06 de abril de 2017 | 23h30

O Internacional largou em vantagem nas quartas de final do Campeonato Gaúcho nesta quinta-feira, ao derrotar o Cruzeiro por 3 a 1 no Beira-Rio. O artilheiro Brenner e o meia Valdivia decidiram o triunfo que colocou o time colorado próximo das semifinais do Estadual.

 

Um dos maiores destaques na oscilante temporada do Inter, Brenner apareceu para decidir mais uma vez e marcou os dois primeiros da partida. Dão, já nos minutos finais, jogou um balde de água fria na torcida, mas nos acréscimos, apareceu Valdivia. Destaque durante a semana muito mais pela possível saída do clube, o meia marcou um lindo gol de falta que definiu o resultado.

Com o placar, o Inter pode até perder por um gol de diferença na volta, domingo, em Gravataí, que garantirá vaga na próxima fase. Ao Cruzeiro, resta vencer por 2 a 0 ou por três gols de diferença.

O JOGO

 

Sabendo que precisava da vitória, o Inter foi para cima nesta quinta e comandou as ações nos primeiros minutos. De tanto insistir, o time da casa abriu o placar aos 21 minutos. Carlinhos tabelou com D'Alessandro pela esquerda e cruzou na cabeça de Brenner, que finalizou para a rede.

 

O gol fez o Cruzeiro despertar e levar perigo aos 30, com Lucão, que desviou de letra rente à trave. Mas o primeiro tempo era mesmo do Inter, que quase marcou o segundo aos 41. D'Alessandro deu ótimo passe para Uendel, que invadiu a área pela direita, cortou e bateu, exigindo grande defesa de Deivity.

 

No segundo tempo, William deu um susto na torcida ao quase marcar contra, mas se redimiu na sequência, ao dar cruzamento perfeito para o zagueiro Cuesta. O defensor perdeu, sozinho, quase na marca do pênalti.

 

O mesmo William, então, serviu quem sabe fazer gol no time colorado. Aos 31 minutos, ele ganhou na dividida do zagueiro e rolou para Brenner, que encheu o pé, cruzado, para o gol.

 

A desvantagem fez o Cruzeiro se lançar ao ataque e perder grande chance aos 34, quando Thiago Alagoano ganhou de Léo Ortiz e finalizou de frente para Lomba, que fez uma grande defesa. Mas aos 39, o goleiro nada pôde fazer na cabeçada de Dão, após cobrança de falta pela direita.

 

O clima no estádio mudou completamente, e aí surgiu o herói inesperado. Criticado pela torcida e quase negociado no início da semana, Valdivia surpreendeu em falta cobrada pela esquerda, mesmo com pouco ângulo, que morreu na rede do goleiro. Ao fim da partida, o meia não conteve a emoção e chorou muito, em desabafo pelo momento difícil que atravessava no Inter.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.