Torcedores de Cruzeiro e Atlético-MG brigam no caminho ao Mineirão

São pelo menos dois feridos em confronto com cerca de 25 pessoas

Leonardo Augusto, Especial para o Estado de S. Paulo

13 de setembro de 2015 | 15h56

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas hoje em Belo Horizonte durante briga entre torcedores do Cruzeiro e Atlético, na Avenida Cristiano Machado, na altura do bairro União, Região Nordeste de Belo Horizonte. A via é um dos acessos ao Mineirão, onde as duas equipes se enfrentam daqui a pouco. As informações são da Polícia Militar.

Cerca de 25 pessoas se envolveram na confusão. Os feridos, foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Primeiro de Maio, que também fica na região. Ambos tiveram escoriações leves. Um estaria em estado grave.

Os torcedores usaram pedras e rojões no confronto. Um câmera da PM instalada na região flagrou o momento da briga. Assustados, motoristas chegaram a trafegar pela contramão para evitar a confusão.

Em outra ocorrência registrada pela Polícia Militar, cruzeirenses e atleticanos se enfrentaram em Venda Nova, Região Norte da capital. Um ônibus com apoiadores celestes fazia o trajeto entre Ribeirão das Neves, na Grande Belo Horizonte, e o Mineirão. Um grupo de atleticanos em Venda Nova atirou pedras contra o veículo. O ônibus foi parado pela PM. Torcedores que estavam no ônibus e os que atiraram as pedras foram detidos. Barras de madeira e ferro foram apreendidas.

Agora há pouco, em Betim, na Grande Belo Horizonte, outra briga entre torcedores das duas equipe terminou com um ferido, já encaminhado a uma unidade de saúde e 40 detidos, conforme a Polícia Militar. A partida entre Cruzeiro e Atlético começar às 16h.


Tudo o que sabemos sobre:
futebolbrigaCruzeiroAtlético-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.