Paulo Pinto / São Paulo
Paulo Pinto / São Paulo

Briga de torcedores de São Paulo e Corinthians na Grande SP deixa 14 feridos

Cinco pessoas foram detidas após incidente em Ferraz de Vasconcelos, na região metropolitana

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de abril de 2019 | 13h00

Torcedores de São Paulo e Corinthians foram detidos na cidade de Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, na manhã deste domingo. De acordo com a Polícia Militar, uma briga horas antes do clássico válido pela final do Campeonato Paulista, ocorrida por volta das 10h30, deixou pelo menos 14 pessoas feridas.

Os fãs de torcidas rivais teriam se encontrado em uma rua que fica a menos de um quilômetro da estação de trem Antonio Gianetti Neto, da CPTM. Com a confusão, um deles foi baleado e outros dois esfaqueados, além de outros que sofreram escoriações. Cinco torcedores foram presos e levados para uma delegacia, enquanto que alguma das vítimas foram socorridas e levadas para hospitais da região.

São Paulo e Corinthians se enfrentam neste domingo, às 16h, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Paulista. O jogo será no estádio do Morumbi, enquanto que a partida de volta está marcada para o próximo domingo (21), na Arena Corinthians.

Durante a semana, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, polemizou ao afirmar que iria impedir o elenco de entrar em campo caso o ônibus do clube sofresse algum ataque de torcedores são-paulinos durante o caminho para o Morumbi - na quarta-feira, fãs do Palmeiras atiraram pedras no coletivo da equipe alviverde que se dirigia para o Allianz Parque para uma partida da Copa Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Fernando Torres se despede do futebol no Japão em jogo contra Iniesta e Villa
  • Torcedores do PSG não querem mais Neymar em Paris
  • Merecido! Sampaio Basquete conquista o bicampeonato da LBF
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.