Briga entre Marcos e Muñoz agita Palmeiras

Uma briga entre o goleiro Marcos e o atacante Muñoz agitou, na manhã deste sábado, o treino do Palmeiras. Os jogadores discutiram assim que o ?rachão? (jogo em que se utiliza apenas metade do campo) terminou. Marcos deu um chute em Muñoz, que revidou com um soco em seu rosto. O goleiro campeão do mundo deixou o campo sangrando e foi levado pelos médicos ao vestiário.Os dois deixaram o Centro de Treinamento sem conversar com a imprensa. Depois da briga, o técnico Jair Picerni parou o treino e deu bronca em todos os atletas. A diretoria e a comissão técnica podem punir os atletas. O clima no clube não anda nada bom. Durante a semana, Elson reclamou de Picerni por ter ficado no banco contra o Goiás, pela Copa do Brasil. A situação do treinador também se complica. Ele mostra falta de comando sobre o grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.