PMMG/Divulgação
PMMG/Divulgação

Briga entre torcedores de Cruzeiro e Goiás acaba com dois baleados

Embate foi marcado por um aplicativo de mensagens e aconteceu após o jogo deste domingo, pelo Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

06 de maio de 2019 | 18h47

Duas pessoas foram baleadas e uma está em estado grave após briga entre torcedores de Cruzeiro e Goiás, na noite do último domingo, em Sete Lagoas, na região Central de Minas Gerais, de acordo com informações divulgadas pela Polícia Militar.

De acordo com a PM, a confusão foi marcada por um aplicativo de mensagens e Pedro Marcelino Gonçalves e Edmar Silva dos Reis, torcedores do Cruzeiro, foram baleados no tórax. Um deles, está em estado grave. Segundo a polícia foram 31 presos cruzeirenses e 20 goianos, em uma confusão que envolveu 150 torcedores.

Um ônibus e pelos menos cinco vans que estavam com torcedores do Goiás foram atacados por cruzeirenses com paus e pedras. A PM teve que usar balas de borracha e bombas de efeito moral para tentar dispensar os vândalos.

Em campo, o Cruzeiro derrotou o Goiás por 2 a 1, no Mineirão, pela terceira rodada do Brasileirão, e chegou aos seis pontos, enquanto os goianos permaneceram com três.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.