Tasso Marcelo/AE
Tasso Marcelo/AE

Briga entre vascaínos e flamenguistas provoca uma morte

Briga em bar termina em tragédia no interior do Rio

AE, Agência Estado

20 de agosto de 2012 | 08h22

Confrontos entre torcedores do Flamengo e do Vasco em bairros das zonas norte e oeste do Rio terminaram com um morto, pelo menos sete feridos e 57 pessoas presas no domingo. Um vascaíno identificado como Diego Martins Leal não resistiu aos ferimentos provocados por uma briga no interior de um bar em Coelho Neto.

De acordo com a Polícia Militar, a confusão começou depois que um ônibus que transportava torcedores do Flamengo de Resende, município no sul do Estado do Rio, parou perto de um grupo de vascaínos, que se concentrava num bar para, posteriormente, seguir para o Engenhão - onde os dois times jogaram pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Depois da briga, a polícia prendeu cerca de 50 pessoas, que foram encaminhadas para a 44ª DP (Inhaúma), onde o caso foi registrado. Foram apreendidas bandeiras e fogos de artifício. Um torcedor do Flamengo também foi ferido.

A outra confusão aconteceu no bairro do Tanque, na zona oeste da cidade. Quatro torcedores do Vasco e três do Flamengo foram presos depois de brigarem. No confusão, pelo menos outras seis pessoas teriam sido feridas - duas baleadas e quatro por agressões físicas. Os detidos foram encaminhados para a 41ª DP (Tanque).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFlamengoVascomorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.