Bertrand Guay/AFP
Bertrand Guay/AFP

Briga faz Federação Francesa de Futebol excluir Lyon e Paris FC da Copa da França

Equipe de Lucas Paquetá é multada em cerca de R$ 330 milhões e não terá torcedores quando for visitante nas demais partidas da temporada

Redação, Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2021 | 15h36

A Federação Francesa de Futebol (FFF) tomou uma medida exemplar, nesta segunda-feira, ao excluir as equipes do Lyon e do Paris FC da atual edição da Copa da França, por causa da briga generalizada entre as torcidas dos dois clubes ocorrida em 17 de dezembro.

A Comissão Disciplinar da entidade anunciou também que o Lyon não poderá ter sua torcida em mais nenhuma partida fora de casa disputada na França pelo resto da temporada, além de ser punido com a suspensão de uma participação na Copa da França. Por esta ser a primeira condenação, é isenta de cumprimento, o que significa que o clube poderá participar da próxima edição do torneio, caso não haja reincidência.

O Lyon ainda foi multado em 52 mil euros (R$ 332 mil) e obrigado a pagar pelos danos causados por seus torcedores ao estádio Charlety, do Paris FC. Já o Paris FC deverá disputar cinco partidas com os portões fechados e pagar uma multa de 10 mil euros (cerca de R$ 64 mil).

A violência no intervalo da partida provocou momentos de pânico e deixou dois feridos, sendo um torcedor e um policial. A partida foi suspensa com o placar de 1 a 1, e o segundo tempo não foi disputado.

Diante da decisão da Federação Francesa, o Nice, que enfrentaria uma das duas equipes desqualificadas, garantiu antecipadamente acesso às oitavas de final da Copa da França. Para avançar à mesma fase, o Paris Saint-Germain visitará o Vannes, da quarta divisão. Já o Olympique de Marselha joga fora de casa com o Chauvigny, da quinta divisão. Destacam-se também duelos entre equipes da Ligue 1: Brest x Bordeaux, Montpellier x Strasbourg e Lens x Lille.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.