Briga na Justiça marca eleição no Santos

O Santos escolhe neste sábado seu novo presidente. O presidente Marcelo Teixeira tenta seu terceiro mandato consecutivo e encabeça a chapa Rumo Certo. Seu concorrente é o empresário Luís Álvaro Oliveira Ribeiro, escolhido pela Resgate Santista. Nesta sexta-feira, no último dia da campanha, os dois candidatos se movimentaram pela cidade em busca de votos e o clima, que era calmo até então, com os embates sendo travados na Justiça, esquentou repentinamente com acusações dos dois lados. Luís Álvaro disse que estava confiante na vitória. ?Estou vendo o outro lado meio desesperado?, disse. Mas foi de sua chapa que surgiu a denúncia mais grave da campanha: a diretoria do Santos não teria depositado o FGTS no primeiro semestre deste ano, razão pela qual o clube acabou perdendo o jovem atacante Bruno Moraes para o futebol português. O diretor jurídico do Santos, Mário Mello, desmentiu a informação, mostrando os comprovantes dos depósitos. Marcelo Teixeira, fez uma caminhada pelo centro histórico da cidade e foi até a Rua XV de Novembro, a praça cafeeira que é um reduto tradicional de torcedores santistas. Recebeu muito apoio e, principalmente, o banho de café, um costume dos corretores. O prefeito Beto Mansur também apoiou Teixeira. As eleições serão realizadas apenas neste sábado, das 10 às 18 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.