Briga por camisa de Beckham vai parar na Justiça

Depois de um desentendimento na arquibancada, dois jovens torcedores disputam o uniforme do astro inglês

Redação,

25 de abril de 2008 | 15h07

Tudo começou com um ato generoso de David Beckham, quando o astro do Los Angeles Galaxy resolveu jogar sua camisa em direção às arquibancadas do Aloha Stadium, em Honolulu, Havaí. Amigos próximos e torcedores do mesmo time, dois jovens brigaram pelo presente arremessado e, agora, querem levar o caso aos seus advogados. A mãe de um deles descreve que seu filho pegou a camiseta e que o colega "tentou se intrometer". No dia 10 de abril, três semanas após o acontecido, o atual dono do presente recebeu uma carta do colega dizendo que estaria disposto a resolver o caso por meio de uma ação legal. A confusão criada irritou os dirigentes do clube americano que advertiram todo o time para que não repitam o gesto do inglês. Mesmo assim, Alexi Lalas, dirigente geral do time, sugere que os garotos "cortem a camisa pela metade e cada um fique com uma parte", disse. O time de Beckham havia perdido o jogo exibição contra o japonês Gamba Osaka, válido pelo torneio amistoso Pan Pacífico. BECKHAM PODE DISPUTAR A COPADavid Beckham pode defender a seleção da Inglaterra na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, se souber se cuidar bem, disse o técnico da equipe, Fabio Capello.  "A porta está aberta. Ele jogou a última partida, e foi bem contra a França. Vejo ele jogando pelo Los Angeles Galaxy sempre", disse o treinador italiano ao jornal esportivo Marca desta sexta-feira.  "Vai depender. Há jogadores que estão com 33 ou 34 anos, que sabem se cuidar muito bem. Eles entendem que fisicamente não são o que eles eram antes e tomam mais cuidado. Vai depender muito disso."

Tudo o que sabemos sobre:
David BeckhamLos Angeles Galaxy

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.