PontePress
PontePress

Brigatti se vê respaldado como interino e faz mistério sobre escalação da Ponte

Equipe de Campinas pega o Oeste no sábado, em casa, pela Série B

Estadão Conteúdo

01 Junho 2018 | 19h34

João Brigatti iniciará neste sábado a sua quarta passagem como técnico interino da Ponte Preta. O treinador assume a função com a demissão de Doriva e se vê respaldado pela diretoria para recolocar a equipe de volta aos trilhos, a começar pelo confronto com o Oeste, que será realizado no estádio Moisés Lucarelli, pela Série B.

"Sendo auxiliar fixo do clube, estamos sempre respaldados. No momento que assumir essa função de forma definitiva, você só segue no cargo se os resultados vierem. Vamos restabelecer a confiança dos jogadores, da comissão técnica e da torcida. É nisso em que vamos trabalhar, além de melhor o setor defensivo, que estava muito exposto", explicou o comandante.

Com apenas sete pontos, o time campineiro está perto da zona de rebaixamento e luta contra o desafio de não vencer como mandante. Para o duelo contra o Oeste, o técnico não poderá contar com o zagueiro Renan Fonseca, suspenso pelo terceiro amarelo.

O lateral-esquerdo Orinho, o zagueiro Reynaldo e o atacante Felippe Cardoso seguem vetados pelos médicos. O treinador revelou que fará três alterações em sua estreia, mas só revelou uma delas: Léo Santos terá uma chance entre os titulares, ao lado de Reginaldo.

João Brigatti deu indícios de que pode mudar também o setor do meio para frente. Marciel é o mais cotado, já que pode fazer a função de terceiro zagueiro em determinados momentos da partida. A terceira alteração seria no ataque. Gabriel Vasconcellos poderia iniciar a partida. Sendo assim, André Luis, Junior Santos ou Roberto sairiam.

A provável formação da Ponte Preta tem: Ivan; Igor Vinícius, Reginaldo, Léo Santos e Danilo Barcelos; Marciel, Paulinho e Tiago Real; Roberto, André Luis e Júnior Santos.

Mais conteúdo sobre:
futebol Ponte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.