Toby Melville/Reuters
Toby Melville/Reuters

Brighton arranca empate e abre vantagem na briga contra o rebaixamento no Inglês

Com duas rodadas restantes do campeonato, o time está quatro pontos à frente do Cardiff City

Redação, Estadao Conteudo

27 de abril de 2019 | 18h02

O Brighton empatou por 1 a 1 contra o Newcastle neste sábado, em casa, pela 36.ª e antepenúltima rodada do Campeonato Inglês, e abriu vantagem na briga contra o rebaixamento. Com a vitória, o time do sul da Inglaterra fica em 17.º com 35 pontos, abrindo vantagem de quatro para o Cardiff City, primeira equipe na zona da degola. Os clubes têm mais duas partidas pelo torneio, com seis pontos em disputa.

Apesar da vantagem, o Brighton tem compromissos complicados pela frente. No próximo sábado visita o Arsenal, que briga por vaga na Liga dos Campeões da Europa. Na última rodada, recebe o vice-líder Manchester City, que provavelmente estará disputando o título contra o Liverpool. Já o Cardiff City recebe o Crystal Palace no próximo sábado, antes de visitar o Manchester United, que também busca classificação ao torneio continental.

No jogo deste sábado, o Brighton saiu perdendo. Aos 18 minutos do primeiro tempo, o Newcastle fez grande jogada para abrir o placar. Depois de receber cruzamento da intermediária esquerda, o centroavante venezuelano Salomon Rondon escorou de peito para o atacante espanhol Ayoze Pérez, que fuzilou de direita para fazer 1 a 0 e marcar o seu quarto gol nas últimas duas partidas.

Na etapa complementar, porém, o time da casa igualou o marcador. Os mandantes demoraram, mas o gol finalmente veio aos 30 minutos: depois de cruzamento para a área, o centroavante inglês Glenn Murray escorou de cabeça para o meia alemão Pascal Gross empatar. No fim, nenhuma das equipes foi capaz de conquistar a vantagem no placar, que ficou mesmo no 1 a 1.

O empate não foi o melhor dos resultados para o Brighton, mas o Cardiff City fez pior. Também neste sábado, o time do País de Gales foi a Londres para visitar o Fulham, perdeu por 1 a 0 e se complicou na luta contra o rebaixamento. Ryan Babel fez o gol dos mandantes, que estão na vice-lanterna e já caíram para a segunda divisão.

Já garantido na elite, o Southampton recebeu o Bournemouth em empate por 3 a 3. Autor do gol mais rápido da história do torneio na última rodada, quando marcou aos oito segundos no 1 a 1 contra o Watford, Shane Long abriu o placar para o time da casa. Os visitantes viraram com Dan Gosling e Callum Wilson, mas James Ward-Prowse igualou. Matt Targett voltou a dar vantagem para o Southampton, mas Callum Wilson marcou outra vez e sacramentou o empate.

Vítima de Long na última partida, o Watford perdeu por 2 a 1 para o Wolverhampton, em casa. Raul Jimenez e Diogo Jota marcaram para os visitantes, com Andre Gray anotando para os anfitriões. Também neste sábado, o Crystal Palace recebeu o Everton em Londres. Em jogo pouco movimentado, as equipes ficaram no empate sem gols.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.