Thomaz Marostegan/ Guarani FC
Thomaz Marostegan/ Guarani FC

Brigões do Guarani são multados, pedem desculpas e são baixas no clássico

Bidu e Rodrigo Andrade trocaram socos e empurrões após a vitória da equipe bugrina sobre o Novorizontino

Redação, Estadão Conteúdo

04 de maio de 2021 | 19h56

Dois dias após protagonizarem uma cena bizarra em campo, quando trocaram socos e empurrões, eles voltaram à cena. Bidu e Rodrigo Andrade voltaram a atrair a atenção de todos nesta terça-feira à tarde no estádio Brinco de Ouro. Desta vez, a dupla se apresentou sorridente e cordial, com direito a pedido de desculpas público.

No domingo à noite, após a vitória do Guarani sobre o Novorizontino, por 2 a 1, volante e lateral-esquerdo se desentenderam, trocaram socos e empurrões e acabaram expulsos. São desfalques do time para o dérbi 199, considerado um jogo especial em Campinas para bugrinos e pontepretanos, por ter uma história centenária.

Desta vez, os dois estavam sorridentes e até se abraçaram como forma de mostrar que a briga em pleno campo já era coisa do passado. "Queria pedir desculpa a todos: Guarani, torcida, desde o segurança, até a tia da cozinha. Agi muito na emoção do jogo, muita vontade de ganhar, mas não vai mais acontecer, o Bidu foi um dos caras que eu mais me identifiquei no clube e foi só um momento de jogo que não deveria acontecer", disse Rodrigo Andrade.

Na súmula do árbitro Thiago Lorenço de Mattos, Andrade apenas revidou os socos dados por Bidu ao término do jogo. Os dois foram expulsos e vão cumprir suspensão automática, podendo pegar pena maior depois em julgamento no Tribunal de Justiça Desportiva.

"Gostaria de pedir desculpas para a nação bugrina, ao clube, instituição Guarani, pelo fato ocorrido. Foi um lance específico, teve uma cobrança da equipe toda por ser final de jogo, eu estava estressado, também no calor do jogo, querendo ganhar, era uma partida muito importante para nós. Agi de uma forma sem pensar, de cabeça quente. Quero pedir desculpa a todos, além de um companheiro de equipe, é um amigo pessoal", começou Bidu.

Apesar de toda a cena para os fotógrafos, a dupla de brigões foi punida. De forma branda, diga-se de passagem. Afinal, lesaram o clube pela imagem que correu o país e também por serem desfalques no dérbi 199, o jogo mais importante do ano. Segundo o Guarani, eles foram penalizados com multa e distribuição de cestas básicas. Os valores e quantidades não foram divulgados.

O Guarani ocupa a vice-liderança do Grupo D, com 14 pontos, a três do líder Mirassol e a quatro do Santos, terceiro colocado. Com a expulsão, os dois são desfalques certos para o dérbi desta quarta-feira, às 21 horas, contra a rival Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, em jogo atrasado da sexta rodada do Campeonato Paulista Sicredi 2021.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.