Brinco de Maradona é vendido por 25 mil euros em leilão

Um brinco de diamante que pertenceu a Maradona foi arrematado por 25 mil euros em um leilão realizado em Bolzano, na Itália, nesta quinta-feira. A peça havia sido confiscada pelas autoridades do país por causa das enormes dívidas fiscais que o técnico da seleção argentina tem com o fisco italiano.

AE-AP, Agencia Estado

14 de janeiro de 2010 | 11h13

Giovanni Lombardo, que organizou o leilão, afirmou que uma mulher não identificada comprou o brinco, cujo valor inicial foi avaliado em 5.500 euros.

A polícia fiscal italiana havia confiscado o brinco de diamante em setembro passado, quando Maradona estava em um hotel no norte da Itália para realizar um tratamento para perder peso e aliviar o stress acumulado com os resultados ruins acumulados no comando da seleção argentina.

As dívidas de Maradona são oriundas de impostos não pagos na época em que o jogador defendeu o Napoli, entre 1984 e 1991, quando ajudou o time a ganhar dois títulos da Série A do Campeonato Italiano.

Organizador do leilão, Lombardo afirmou que a venda do brinco de diamante foi apenas "uma gota no balde" de dívidas acumuladas por Maradona, mas lembrou que o fato lembra que até as celebridades precisam pagar impostos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMaradonabrincoleilão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.